Q

Previsão do tempo

15° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 27° C
15° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 28° C
15° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 30° C
10º aniversário

Ordem do Trevo agradece a voluntários e parceiros

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Ordem do Trevo (OT), associação de solidariedade social de apoio a famílias carenciadas do concelho das Caldas, assinalou o décimo aniversário com várias iniciativas, culminando no passado dia 25, no auditório da Expoeste, com a entrega de lembranças aos voluntários e parceiros.
Voluntários da Ordem do Trevo foram reconhecidos

10º aniversário

A Ordem do Trevo (OT), associação de solidariedade social de apoio a famílias carenciadas do concelho das Caldas, assinalou o décimo aniversário com várias iniciativas, culminando no passado dia 25, no auditório da Expoeste, com a entrega de lembranças aos voluntários e parceiros.

A Ordem do Trevo atribuiu o prémio reconhecimento ao caldense Paulo Caiado, que foi um dos membros fundadores da Ordem do Trevo, pelo “seu espírito solidário voluntarioso e altruísta e porque sempre nos tem acompanhado e ajudado”.

Paulo Caiado salientou que a associação solidária é “um trabalho coletivo” e foram “todos os voluntários nestes dez anos que fizeram o que é hoje a Ordem do Trevo”. “Nunca será um troféu individual”, salientou, partilhando o reconhecimento com “todos que deram o seu melhor em prol dos mais carenciados”.

O caldense recordou a criação da OT, que foi uma ideia desenvolvida por José Viegas (presidente da associação) e seu colega e amigo, Paulo Reis, que faleceu em 2010 por acidente posterior à criação deste projeto. Destacou o facto de ao longo destes dez anos José Viegas nunca se ter esquecido de homenagear o seu amigo que com ele projetou a associação solidária.

Lembrou ainda que a OT foi criada numa altura “muito “complicada, em plena crise económica com a intervenção da Troika, em 2012, para dar resposta à condição socioeconómica, particularmente na nossa região”.  

A direção da OT atribuiu a Gonçalo Tavares o prémio de voluntário do ano por “ter aquilo a que chamamos espírito OT: Abnegado, altruísta, sempre disponível para ajudar, e porque em pandemia nunca deixou de dar o passo em frente”.

Emocionado, Gonçalo Tavares salientou que “é bom ser reconhecido”, garantindo, no entanto, que o trabalho voluntário que faz “é apenas numa missão com o espírito de solidariedade e não para ser distinguido”.

Como já é habitual foram homenageados os 30 parceiros que ajudam a OT a apoiar as cerca 50 famílias.

Este ano os parceiros do ano foram entidades compostas por estrangeiros que vivem na região, a Silver Coast Volunteers e a Oeste International Community Volunteers, que segundo a direção estão “sempre disponíveis para ajudar, colaborando em várias iniciativas”.

“Os nossos parceiros, todos sem exceção, são a mola que nos ajuda a impulsionar estes acompanhamentos e que contribuem muito para a eficácia das nossas intervenções”, sublinhou o presidente da OT.

O responsável também dirigiu umas palavras aos voluntários “que nunca viram a cara a esta missão e mesmo em dois anos de pandemia estiveram na linha da frente a ajudar as famílias mais carenciadas”.

Ajuda a famílias ucranianas

Com o agravamento da situação humanitária na Ucrânia, o concelho das Caldas já recebeu mais de 150 refugiados ucranianos, levando o presidente da OT a dizer que vão abrir “vagas adicionais para dar resposta a algumas destas famílias”. 

O presidente da OT considera que é bom celebrar o passado, mas “o futuro está aí”. Destacou a necessidade de expandir e ter outras valências como uma “sede própria”.

Coube ao presidente da Câmara das Caldas, Vitor Marques, encerrar a cerimónia, elogiando o facto de ser feito um reconhecimento a quem “ajuda a OT a manter a sua missão solidaria”.

Frisou que a OT “foi mais uma resposta a colmatar algumas ineficiências a que o Estado ou Município nem sempre conseguem dar resposta”.

O autarca reconheceu todo o trabalho que foi desenvolvido no apoio a quem mais precisa. “Infelizmente é um trabalho que nunca tem fim. Tivemos uma situação muito grave com a pandemia e agora perante a guerra na Ucrânia acredito que a OT vai ser mais um parceiro para ajudar os refugiados que vêm para as Caldas da Rainha”, declarou.

A música da banda Twin Motion abrilhantou a cerimónia.

“Dia Aberto OT” na Expoeste foi outro evento da OT no âmbito do 10º aniversário, que decorreu no dia 12 de março, das 10h00 às 18h00. O intuito foi a população conhecer o trabalho e atividades desta associação.

Teve também lugar no dia 22, à noite, uma sessão online em direto no Instagram com o empresário e voluntário Rui Vieira e José Viegas sobre “os 10 anos da OT”.

Refood Caldas da Rainha, Manuel Sousa Barosa Congelados, Atrativa XL, Caldas Sport Clube, Colégio Rainha D Leonor, Gabinete Rosa Barreto, Brave Generation School, Aid Yayasan Sang Pegasi, Associação Nadar, Escola Hotelaria e Turismo, Crossfit Lusíadas, Jornal das Caldas, Gazeta das Caldas, Grupo Fábrica, BPI Agência de Caldas da Rainha, Masilfrutas, Prontos, União de Freguesias de Nª Sra. Pópulo, Coto e S. Gregório, União Freguesias Stº Onofre e Serra do Bouro, Trindade Seguros, Delfim Palmeirão Seguros, Adio, Banco Alimentar do Oeste, CCAM – Caixa Crédito Agrícola Mútuo das Caldas, Agrupamento Escolas Raul Proença e Câmara Municipal das Caldas da Rainha são também parceiros da OT.

ot 2
Parceiros reconhecidos
(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

premio 1

Vigília com “abraço” ao hospital das Caldas da Rainha

Uma vigília que terminou com um cordão humano em frente à urgência do hospital das Caldas da Rainha foi a forma encontrada pela população para exigir medidas do Governo para melhorar as condições em que trabalham os profissionais de saúde. O alerta foi feito na noite da passada sexta-feira.

vigilia2

VMER volta a ter mais saídas para situações de trauma

A Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) das Caldas da Rainha no serviço de urgência do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) voltou à situação “normal” de seis a sete saídas por turno de oito horas, número que havia reduzido nos dois últimos anos de pandemia. No dia 15 de maio foi celebrado o 20º aniversário da VMER.

vmer 1