Q

Previsão do tempo

17° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
18° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
18° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 25° C

ACCCRO indignada por não ter sido consultada para aprovação da Mercadona

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Oeste (ACCCRO) enviou um comunicado ao JORNAL DAS CALDAS em que manifesta a sua indignação pela aprovação da construção da grande superfície Mercadona, sem que a associação tenha sido auscultada pelo Município, de forma a proteger os interesses do setor comercial local.
A Mercadona recebeu aprovação camarária para instalar-se em terreno junto à OesteCim

A Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Oeste (ACCCRO) enviou um comunicado ao JORNAL DAS CALDAS em que manifesta a sua indignação pela aprovação da construção da grande superfície Mercadona, sem que a associação tenha sido auscultada pelo Município, de forma a proteger os interesses do setor comercial local.

No documento, o presidente da associação, Luís Gomes, refere que foi através da imprensa local que a ACCCRO teve conhecimento que foi tomada a 13 de janeiro de 2022 uma deliberação com parecer positivo, por maioria do executivo municipal, com seis votos a favor e um voto contra do vereador do PS, Luís Patacho. Foi através do comunicado que o presidente da ACCCRO transmitiu a indignação por não terem sido “incluídos no processo de decisão”, revendo-se nas palavras do vereador socialista que “é já mais do que uma ameaça, é uma machadada ao comércio tradicional e aos postos de trabalho”.

“A ACCCRO não se posiciona contra o desenvolvimento e o aparecimento de novas empresas. Contudo, é nosso dever proteger as empresas do setor comercial já existentes na cidade, sabendo que esta será uma outra grande superfície que irá competir com o comércio tradicional”, sustenta.

Relativamente à localização da mesma, a ACCCRO alega que “não sendo da nossa competência, cabe à “Câmara Municipal avaliar”. Porém, adianta que “um edifício desta tipologia, na Avenida General Pedro Cardoso (junto à OesteCim), além da parte estética, por se situar numa zona nobre e habitacional da cidade, poderá causar problemas de trânsito ao normal funcionamento da cidade”.

A ACCCRO refere ainda que “pelo que sabemos nas notícias da imprensa o projeto já se encontra aprovado”, no entanto, fica na “expetativa de ainda poder ser auscultada sobre esta questão, em prol do desenvolvimento sustentável das Caldas da Rainha e colmatar o quanto possível a falta de contacto prévio para audição com a associação mais representativa do setor comercial e empresarial da cidade”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

almeida 3

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

premio 1

Vigília com “abraço” ao hospital das Caldas da Rainha

Uma vigília que terminou com um cordão humano em frente à urgência do hospital das Caldas da Rainha foi a forma encontrada pela população para exigir medidas do Governo para melhorar as condições em que trabalham os profissionais de saúde. O alerta foi feito na noite da passada sexta-feira.

vigilia2