Q

Previsão do tempo

14° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 27° C
14° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 28° C
15° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 30° C

“Cabaret Voltaire” (Lounge CRainha) abre no centro da cidade

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
“Cabaret Voltaire (Lounge CRainha)”, espaço que promete ser uma paragem obrigatória das Caldas, abriu no dia 8 de março, na Rua Alexandre Herculano, n.º 21 (Rua do Jardim). Aqui, a arte e música são os pratos principais e os cocktails, gins, whisky, aguardentes velhos e vinhos são os seus melhores acompanhantes.
Paulo Santos, responsável do “Cabaret Voltaire (Lounge CRainha)”

“Cabaret Voltaire (Lounge CRainha)”, espaço que promete ser uma paragem obrigatória das Caldas, abriu no dia 8 de março, na Rua Alexandre Herculano, n.º 21 (Rua do Jardim). Aqui, a arte e música são os pratos principais e os cocktails, gins, whisky, aguardentes velhos e vinhos são os seus melhores acompanhantes.

cabaret voltaire 2
O espaço promete ser uma paragem obrigatória nas Caldas

Paulo Santos, natural de Lisboa e oriundo de Londres (Reino Unido), foi buscar o nome ao clube noturno Cabaret Voltaire, na Suíça, o berço do dadaísmo, vanguarda modernista integrada por artistas de diversas áreas.

O empresário, que fez carreira como gerente de vários bares no Reino Unido, quis trazer para a cidade das Caldas “a inspiração do Cabaret Voltaire”. “Era um local onde um movimento artístico que tem mais de 100 anos se reunia e fazia tertúlias, recitavam poemas, falavam sobre arte, pintavam e expunham as obras de arte”, explicou.

O novo espaço noturno, que funciona também durante o dia, quer dar palco a criadores das áreas da música, performance e artes. É sobretudo um novo bar na cidade para beber um copo com um atendimento personalizado.

O espaço tem expostas algumas pinturas, entre elas duas peças doadas por um artista dinamarquês. No entanto, quer ser uma porta aberta para vários artistas das áreas de pintura, serigrafia e multimédia (projeção de vídeo). 

A ligação de Paulo Santos às Caldas prende-se com os artistas Ana e Henrique Vieira Ribeiro, que têm tem um ateliê em Lisboa e outros em Alguber (Cadaval). “Sou amigo e irmão de coração do Henrique desde a escola. Passámos muitas férias em Alguber e fazíamos praia na Foz do Arelho, onde me divertia à noite na discoteca Green Hill”, relatou.

“O conceito de Cabaret Voltaire é muito virado para as artes e fazia sentido nas Caldas, sendo uma cidade das artes”, salientou, adiantando que a prioridade é “o atendimento de excelência ao cliente”.

É um local onde também poderá decorrer uma reunião de trabalho mais dirigida a uma faixa etária acima dos 30 anos.

Pretende ainda que o seu espaço num futuro próximo seja pet friendly, aceitando a entrada de animais de estimação.

Bossa nova, jazz e indie são estilos das playlists de música ambiente para este lounge bar. Existirão também noites temáticas com música ao vivo.

O “Cabaret Voltaire (Lounge CRainha)” tem um conjunto de cocktails de assinatura criados por Paulo Santos que se identifica com a vertente do dadaísmo.

Para já servem com as bebidas nachos e brevemente terão na ementa tábua de queijos e enchidos, entre outros. 

Aos domingos vão iniciar o “brunch” com a particularidade do “Sparkling Ilimitado” no sistema “all you can drink”. Acompanha com a degustação de várias iguarias.

Paulo Santos criou com este projeto novo três postos de trabalho e no verão pretende contratar mais colaboradores.

Está aberto quarta e quinta-feira das 18h30 à 01h00, sexta-feira e sábado das 15h30 às 02h00 e domingo das 14h30 às 20h00.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

premio 1

Vigília com “abraço” ao hospital das Caldas da Rainha

Uma vigília que terminou com um cordão humano em frente à urgência do hospital das Caldas da Rainha foi a forma encontrada pela população para exigir medidas do Governo para melhorar as condições em que trabalham os profissionais de saúde. O alerta foi feito na noite da passada sexta-feira.

vigilia2

VMER volta a ter mais saídas para situações de trauma

A Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) das Caldas da Rainha no serviço de urgência do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) voltou à situação “normal” de seis a sete saídas por turno de oito horas, número que havia reduzido nos dois últimos anos de pandemia. No dia 15 de maio foi celebrado o 20º aniversário da VMER.

vmer 1