Q

Previsão do tempo

19° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 30° C
19° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 30° C
  • Saturday 30° C
19° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 33° C
  • Saturday 32° C

Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste leva 50 alunos à BTL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) é um evento aproveitado pela Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO) para mostrar aos seus alunos as possibilidades do setor ao nível de oportunidades de estágios e carreiras profissionais.   Por outro lado, sendo uma montra muito importante de novas tendências de mercado, a escola está interessada em acompanhar os novos caminhos da formação.
Daniel Pinto, diretor da EHTO

A Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) é um evento aproveitado pela Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO) para mostrar aos seus alunos as possibilidades do setor ao nível de oportunidades de estágios e carreiras profissionais.   Por outro lado, sendo uma montra muito importante de novas tendências de mercado, a escola está interessada em acompanhar os novos caminhos da formação.

Daniel Pinto, diretor da EHTO, admite que após dois anos de interregno, o regresso da BTL gera expetativas a quem está no setor, uma vez que “pode ajudar ao relançamento do turismo em Portugal e alimentar a esperança relativamente ao futuro, num setor de atividade que foi tão duramente afetado pelo impacto da pandemia Covid-19”. 

Segundo faz notar, sendo a BTL “uma enorme referência nacional para todos aqueles que têm funções profissionais e já trabalham no âmbito das atividades turísticas e hoteleiras”, é também importante “para os alunos que têm o sonho de carreira profissional no turismo”.

É por isso que a escola vai organizar uma visita de estudo à BTL com 50 alunos dos Cursos de Gestão de Turismo, Gestão de Restauração e Bebidas e Técnicas de Cozinha/Pastelaria. O objetivo é “facilitar a todos os alunos o acesso à informação e conhecimento, o estabelecimento de relações, ajudar a abrir novos horizontes, e aproximar da escola e dos futuros profissionais do setor as empresas, autarquias e entidades regionais de turismo”.

Os alunos vão ter, por exemplo, a possibilidade de participar na Bolsa de Empregabilidade, um dos maiores eventos de contratação e divulgação de oportunidades de estágios e carreiras profissionais no setor do turismo.    

Por outro lado, Daniel Pinto aponta que a BTL “é uma montra muito importante de novas tendências de mercado, pelo que a escola deve acompanhar e perceber quais são os novos caminhos da educação e formação e antecipar as necessidades associadas à valorização das pessoas”.

A EHTO prepara-se para a retoma do turismo, ainda que depois da pandemia tenha aparecido mais uma adversidade, o recente conflito militar no leste europeu.

“Infelizmente parece-me que ainda vamos ter de resistir e lutar perante estas duas realidades, a pandemia e a guerra na Ucrânia. O turismo é um setor que precisa de estabilidade, confiança e segurança no processo de decisão de compra, e as viagens e o consumo turístico só acontecem se os turistas sentirem que existe um ambiente propício de paz e tranquilidade”, argumenta Daniel Pinto.

Apesar de tudo, a EHTO está a participar ativamente no desenvolvimento e concretização de algumas medidas do programa “Reativar o Turismo”, através da medida “Formação + Próxima”, que tem como objetivo acrescentar valor ao tecido empresarial regional e aos respetivos territórios, captar talento, valorizar e capacitar as pessoas.

Igualmente através do programa Tourism Explorers, de estímulo à inovação e empreendedorismo no setor, proporciona mentoria e consultoria ao nível da ideação e aceleração de novos produtos e serviços turísticos para o setor.

Apostada em apoiar a economia do turismo a desenvolver-se, a EHTO tem procurado aprofundar o seu projeto educativo, numa lógica de grande proximidade às pessoas, organizações e principais stakeholders. “É fundamental captar e fixar talento no setor, valorizar as pessoas, fidelizar a sua permanência nas organizações e investir na qualificação da oferta. Por outro lado, apostar numa estratégia de internacionalização da escola, procurando novos públicos, bem como estimular o crescimento de novas ofertas de formação contínua/avançada de ativos”, refere Daniel Pinto.

A EHTO tem vindo a desenvolver algumas ofertas de formação inovadoras e únicas a nível nacional, como são os casos do Curso de Turismo Literário, Curso de Turismo de Saúde e Bem-Estar e Curso de Padaria Avançada. Outra aposta é o Curso de Escanção – Enologia e Serviço de Vinhos.

Ao nível da oferta de formação inicial, vai manter no próximo ano letivo os mesmos cursos de nível IV – Técnicas de Cozinha/Pastelaria e Técnicas de Restaurante/Bar, e de nível V – Gestão de Turismo, Gestão de Produção de Pastelaria e Gestão e Produção de Cozinha, e apresentar a novidade do Curso de Turismo de Natureza e Aventura. Mantendo-se nas Caldas da Rainha nas mesmas instalações, já em Óbidos está a tratar com a Câmara Municipal a mudança para um novo edifício, encontrando-se neste momento na fase de projeto e candidatura aos apoios financeiros.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

“Green Food and Drinks Festival” de 12 a 29 de outubro

Estão abertas as inscrições para os restaurantes e bares que queiram participar no concurso gastronómico “Green Food and Drinks Festival”, que decorre de 12 a 29 de outubro nas Caldas da Rainha e em Óbidos.

greenfoodfestival2

“Caras da Minha Terra” vai fotografar caldenses nos Silos

Depois de ter fotografado mais de 60 caldenses para “Caras da Minha Terra”, o fotógrafo Nuno Conceição vai estar a 18 de novembro, entre as 10h00 e as 19h30, na sala Farinha dos Silos Contentor Criativo, para tirar o retrato, gratuitamente, a quem quiser fazer parte deste projeto.

carasdaminhaterra