Q

Previsão do tempo

17° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
18° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
18° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 25° C

AIRO pede medidas para combater insuficiência energética

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Associação Empresarial da Região Oeste (AIRO) pediu ao Governo para reabrir as centrais a carvão para combater a insuficiência energética, medida que estima permitirá um aumento de produção até 1,8 gigawatts.

A Associação Empresarial da Região Oeste (AIRO) pediu ao Governo para reabrir as centrais a carvão para combater a insuficiência energética, medida que estima permitirá um aumento de produção até 1,8 gigawatts.

De acordo com a AIRO, a eletricidade tem um forte impacto nos custos das empresas, o que se agrava na região Oeste pela indústria ligada ao setor alimentar, nomeadamente peixe, frutícolas e hortícolas, que precisam de câmaras frigoríficas ligadas 24 horas por dia, para além do gás na cerâmica ou dos combustíveis para as empresas de distribuição de produtos alimentares.
“A eletricidade, com um aumento de 14 vezes no último ano, de 42,51€/megawatt para 542,72€, é incomportável, esperando-se nos próximos dias valores de 600 a 700, bem como o gás, com um aumento só nas últimas semanas de 85%”, aponta.
A AIRO reclama a diminuição da carga fiscal sobre todos os produtos energéticos e quer acelerar as medidas previstas no âmbito da eficiência energética, neutralidade carbónica e comunidades de energia.
Aumentar a liberalização dos mercados energéticos, nomeadamente do gás, permitindo a entrada de novos operadores no mercado ou a possibilidade da compra direta pelas empresas em mercados externos, criar uma bolsa de matérias-primas com os países próximos, por exemplo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, incentivando a compra aos mesmos face à dependência de Portugal, são outras medidas pretendidas.
“A AIRO tem definido no seu plano estratégico um conjunto de medidas para a neutralidade carbónica, a sustentabilidade e afirmação da Região Oeste como um exemplo nas boas práticas como uma região verde, mas dada a situação mundial em que vivemos consideramos urgente intervir e tomar medidas de emergência nacional que defendam as empresas e as nossas famílias”, sustenta a AIRO.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Novo recorde de maior onda surfada na Praia do Norte

Há um novo recorde mundial de maior onda já surfada na Praia do Norte, na Nazaré, que foi alcançado pelo alemão Sebastian Steudtner, que em 29 de outubro de 2020 atingiu os 26,21 metros, segundo foi anunciado nesta terça-feira pela World Surf League (WSL), organizadora dos Red Bull Big Wave Awards.

onda