Q

Previsão do tempo

24° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 22° C
24° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 23° C
24° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 24° C
  • Monday 24° C

Projeto Erasmus+ leva alunos da ETEO à Grécia, Polónia e Espanha

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
35 estudantes da Escola Técnica Empresarial do Oeste (ETEO) saíram no passado dia 27 para fazer o Erasmus+ no estrangeiro. A iniciativa permite uma troca de experiências e conhecimentos com entidades e empresas de países como a Grécia (Atenas), Polónia (Cracóvia) e Espanha (Barcelona).
Os receios dos 9 alunos que estão na Polónia foram ultrapassados com a chegada ao país

35 estudantes da Escola Técnica Empresarial do Oeste (ETEO) saíram no passado dia 27 para fazer o Erasmus+ no estrangeiro. A iniciativa permite uma troca de experiências e conhecimentos com entidades e empresas de países como a Grécia (Atenas), Polónia (Cracóvia) e Espanha (Barcelona).

Dos alunos que viajaram, 27 são finalistas e estão a realizar formação em contexto de trabalho por seis semanas e oito são recém-graduados que estão a realizar um estágio de quatro meses.

Segundo a coordenadora da direção pedagógica da ETEO, Helena Rodrigues, o dia da viagem foi longo, mas todos os grupos “chegaram bem aos seus destinos onde, depois de se instalarem em apartamentos partilhados, fizeram o reconhecimento da zona envolvente e o primeiro jantar de convívio”.

No dia 28 de fevereiro iniciaram-se as reuniões de apresentação nos respetivos locais de estágio, empresas e entidades, que receberam os alunos de uma forma bastante simpática, “mostrando-se disponíveis para lhes proporcionar uma boa experiência, dando-lhes a oportunidade de se prepararem para o seu futuro nas respetivas áreas de trabalho. Todos estão bem, sentem-se integrados e com as expectativas em alta para as restantes semanas”, disse a responsável.

Helena Rodrigues afirmou que os receios dos nove alunos que estão na Polónia, devido à proximidade da Ucrânia, foram ultrapassados com a chegada ao país. “Apesar dos receios naturais gerados pela situação que se está a viver no país vizinho, verificou-se que está tudo tranquilo e que os polacos fazem a sua vida normal”.

“Fazem-se recolhas de bens em vários locais da cidade para ajudar os ucranianos que vão chegando fugidos do seu país, tendo mesmo sido possível observar essa recolha num dos locais de estágio onde os nossos alunos estão a fazer a sua formação em contexto de trabalho, o Estádio de Futebol da equipa Wisla Kraków”, contou.

Alunos, professores e famílias estão confiantes de que esta vai ser uma “experiência duplamente enriquecedora”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

almeida 3

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

premio 1

Vigília com “abraço” ao hospital das Caldas da Rainha

Uma vigília que terminou com um cordão humano em frente à urgência do hospital das Caldas da Rainha foi a forma encontrada pela população para exigir medidas do Governo para melhorar as condições em que trabalham os profissionais de saúde. O alerta foi feito na noite da passada sexta-feira.

vigilia2