Q

Previsão do tempo

14° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 18° C
  • Friday 21° C
14° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 21° C
15° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 23° C

“As abelhinhas” animaram Condomínio Residencial do Montepio

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Depois de uma pausa devido à pandemia, este ano o carnaval regressou ao Condomínio Residencial do Montepio Rainha D. Leonor com um programa adaptado ao atual contexto da crise sanitária.
Havia já uma saudade de festejar o carnaval

Depois de uma pausa devido à pandemia, este ano o carnaval regressou ao Condomínio Residencial do Montepio Rainha D. Leonor com um programa adaptado ao atual contexto da crise sanitária.

O festejo foi só para os utentes e funcionários e não houve um lanche partilhado e de convívio como é habitual.

Marjo Hageman, animadora sociocultural, disse que o tema foi “As Abelhinhas”, em homenagem à proteção da natureza, uma vez que as abelhas estão em risco de extinção na Europa. A música escolhida foi “Zum zum sou uma abelha”.

“Estas iniciativas promovem a sociabilização e é algo que ajuda na dinâmica da unidade e a estabelecer laços”, declarou ao JORNAL DAS CALDAS a diretora técnica, Marta Reis, acrescentando que “dá-nos uma sensação de normalidade, que é o que temos tido mais saudades e o que precisamos mais”. 

Para os seniores, foi uma tarde feliz, onde puderam desfilar e dançar mascarados. Havia já uma saudade de festejar o carnaval.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Caminhada angariou 3900 euros para Liga Portuguesa Contra o Cancro

A caminhada realizada a 19 de maio, nas Caldas da Rainha, no âmbito da iniciativa do Núcleo Regional do Sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro “Corrida Pela Investigação”, angariou 3900 euros para bolsas de investigação científica na área da oncologia.

caminhadaLPC1

População unida num “abraço” para a reabertura da Escola do Coto

O fecho da Escola Primária do Coto no final do ano letivo 2022/2023 “por falta de condições de segurança”, que na altura surpreendeu os pais e alunos, levou no dia 15 de maio dezenas de pessoas a protestarem junto ao estabelecimento de ensino para exigirem o arranque das obras de requalificação e a sua reabertura o mais breve possível.

Escola 1