Q

Previsão do tempo

17° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
18° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
18° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 25° C

Comissão Cívica solicita análises “em profundidade” aos dragados na Lagoa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Comissão Cívica da Proteção das Linhas de Água e Ambiente questionou a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e o Ministério do Ambiente relativamente à falta de análises “em profundidade” aos dragados do Braço da Barrosa, na Lagoa de Óbidos.

A Comissão Cívica da Proteção das Linhas de Água e Ambiente questionou a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e o Ministério do Ambiente relativamente à falta de análises “em profundidade” aos dragados do Braço da Barrosa, na Lagoa de Óbidos.

Em causa está o facto de a comissão ter-se dirigido ao local próximo do canhão expulsor dos sedimentos para o mar, onde constatou “o cheiro nauseabundo, a cor preta dos dragados, compostos de várias películas, supostamente altamente tóxicas”, explicou o porta-voz da comissão, Vítor Dinis, sendo “o que é totalmente contrário a anteriores situações”.

A comissão também constatou a falta de resultados das análises da qualidade da água e aos dragados, que “quinzenalmente iam ser tornadas públicas, mas desde setembro do ano passado que não foram divulgadas, e nem constam do site da APA”.

Solicitou, por isso, “com caráter de urgência, que sejam tomadas medidas adequadas e facultadas as análises aos sedimentos dos dragados retirados da zona do Braço da Barrosa, sob pena de exigir que a intervenção nessa zona seja imediatamente suspensa”.

Além disso, a comissão também interrogou sobre a forma “como é que a APA está a enviar os dragados para o mar, sem monitorizar ou fazer as análises aos mesmos”, relembrando que “estão proibidos de enviar para o mar se forem dragados classe superior a dois”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

almeida 3

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

premio 1

Vigília com “abraço” ao hospital das Caldas da Rainha

Uma vigília que terminou com um cordão humano em frente à urgência do hospital das Caldas da Rainha foi a forma encontrada pela população para exigir medidas do Governo para melhorar as condições em que trabalham os profissionais de saúde. O alerta foi feito na noite da passada sexta-feira.

vigilia2