Q

Previsão do tempo

19° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 27° C
19° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 28° C
20° C
  • Thursday 29° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 30° C

Elevada taxa de mortalidade por cancro da próstata

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Foi aprovada por unanimidade a moção apresentada pelo PS “por mais e melhor investimento na prevenção do cancro da próstata na sub-região do Oeste”, tendo por base “um estudo que aponta esta região como aquela que apresenta das mais elevadas taxas de mortalidade por este tipo de cancro na Península Ibérica, sendo por isso um território de elevado risco”.
Foi aprovada a moção apresentada pelo PS “por mais investimento na prevenção do cancro da próstata

Foi aprovada por unanimidade a moção apresentada pelo PS “por mais e melhor investimento na prevenção do cancro da próstata na sub-região do Oeste”, tendo por base “um estudo que aponta esta região como aquela que apresenta das mais elevadas taxas de mortalidade por este tipo de cancro na Península Ibérica, sendo por isso um território de elevado risco”.

A moção defende que o Conselho Intermunicipal do Oeste analise, elabore e faça aprovar uma moção semelhante “tornando este tema uma prioridade política e adotando políticas concertadas mais ativas de prevenção do cancro da próstata em todos os municípios”.

O documento aprovado exige ainda, junto de todas as autoridades de saúde da sub-região do Oeste, incluindo as Unidades de Saúde Familiar, a adoção “concertada de campanhas de prevenção do cancro da próstata no Oeste, com o objetivo de minimizar a elevada taxa de mortalidade que se observa”.

Segundo o deputado, o foco é “na prevenção, para que haja mais e melhor investimento nesta área”.

O estudo referido foi realizado recentemente e pela primeira vez pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) em Portugal e pelo Instituto de Saúde Carlos III em Espanha. Foram analisados 840 mil óbitos por dez tipos de cancro, ocorridos nos dois países, entre 2003 e 2012.

O presidente da Câmara reconheceu a importância da moção da saúde, sublinhando que a farão a chegar ao Conselho Intermunicipal do Oeste para poder ter uma “análise mais aprofundada do assunto, porque com as conclusões do estudo queremos ajudar a ultrapassar, identificar e corrigir o problema”.

O deputado do Vamos Mudar, António Curado, também elogiou esta proposta do PS, no entanto, considera que “reflete a carência de cuidados de saúde do Oeste” e que a moção é “redutora, porque aquilo que deve chegar à assembleia intermunicipal é o défice de cuidados de saúde primários e hospitalares na região”. António Curado afirmou que “a especialidade de urologia é das mais carenciadas do Oeste, mas não é a única, uma vez que há dificuldades também na ortopedia, oftalmologia e neurologia e pneumologia”. Relativamente ao cancro da próstata o deputado referiu que a prevenção se faz muito nos “cuidados de saúde primários através dos médicos de família e também sabemos as carências que existem nessas áreas nos agrupamentos de centros de saúde”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

premio 1

Vigília com “abraço” ao hospital das Caldas da Rainha

Uma vigília que terminou com um cordão humano em frente à urgência do hospital das Caldas da Rainha foi a forma encontrada pela população para exigir medidas do Governo para melhorar as condições em que trabalham os profissionais de saúde. O alerta foi feito na noite da passada sexta-feira.

vigilia2

VMER volta a ter mais saídas para situações de trauma

A Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) das Caldas da Rainha no serviço de urgência do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) voltou à situação “normal” de seis a sete saídas por turno de oito horas, número que havia reduzido nos dois últimos anos de pandemia. No dia 15 de maio foi celebrado o 20º aniversário da VMER.

vmer 1