Q

Previsão do tempo

14° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 24° C
14° C
  • Friday 24° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 25° C
15° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 26° C

Desenhos no Museu Malhoa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Foi inaugurada nas Caldas da Rainha no passado domingo a exposição “Abel Salazar – O Desenhador Compulsivo”, promovida pela Liga dos Amigos do Museu José Malhoa, espaço onde estará patente até 8 de maio.
Desenho de Abel Salazar

Foi inaugurada nas Caldas da Rainha no passado domingo a exposição “Abel Salazar – O Desenhador Compulsivo”, promovida pela Liga dos Amigos do Museu José Malhoa, espaço onde estará patente até 8 de maio.

A mostra apresenta um conjunto de obras em que se vê quase uma compulsão de Abel Salazar pelo ato de desenhar.

Abel Salazar foi, em 1918, nomeado professor catedrático de Histologia e Embriologia na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, onde criou o Instituto de Histologia e Embriologia da instituição. Além do percurso profissional na área das ciências médicas, onde se destacou nacional e internacionalmente, Abel Salazar manteve uma atividade como pintor, ensaísta, historiador e crítico de arte. O olhar científico do médico e investigador sobre as cenas quotidianas, principalmente as relacionadas com as lides e lutas do trabalho, foi um elemento chave nas suas obras.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Livro de Inês Sofia “O segundo lado da perfeição” alerta para romances tóxicos

“O segundo lado da perfeição” é como se designa o livro da jovem Inês Sofia que foi lançado no passado dia 7 na Escola Básica e Secundária Fernão do Pó, no Bombarral.
É o segundo livro da autora, de 19 anos, e é uma história de amor entre dois adolescentes. “É sobre um relacionamento abusivo. Os seus sinais, a forma como se expressa, a maneira como se faz sentir, e, principalmente, a culpa com que as vítimas ficam”, contou.

ines 1

Papagaios gigantes coloriram o céu na Foz do Arelho

O passado fim-de-semana foi de grande animação na Foz do Arelho, com diversos eventos a terem lugar, no âmbito do 2º Festival da Lagoa. No domingo, os papagaios tomaram conta do céu.

primeira

“Mural dos afetos” dá as boas-vindas a quem chega à cidade

A imagem de uma mãe abraçada à filha embeleza a fachada de um edifício na Rua General Amílcar Mota, na entrada sul da cidade. Trata-se de um mural de arte urbana, da autoria de Daniel Eime, que identifica Caldas da Rainha como uma cidade que há uma dezena de anos faz parte do Movimento Cidade dos Afetos.

afetos