Q

Previsão do tempo

18° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 24° C
18° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 24° C
18° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 26° C
Entrada Livre

As mudanças na noite em 2022

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
De dia para dia, caminhamos para uma “morte lenta“ no setor da diversão noturna. A “abertura” que disponibilizaram a este setor não está a ser suficiente para capitalizar, salvar empregos, espaços, gestões e estruturas. É preciso apoio total do governo nacional, pois só juntos conseguiremos ultrapassar tal crise! Mesmo com as aberturas dos clubs, as […]

De dia para dia, caminhamos para uma “morte lenta“ no setor da diversão noturna. A “abertura” que disponibilizaram a este setor não está a ser suficiente para capitalizar, salvar empregos, espaços, gestões e estruturas. É preciso apoio total do governo nacional, pois só juntos conseguiremos ultrapassar tal crise!

Mesmo com as aberturas dos clubs, as limitações, exigências e leis impostas pelo governo deixam os clubs e clientes limitados, controlados face a outros tempos. Todavia, é melhor assim do que nada, pois o setor não pode parar, se não é mesmo a “morte do artista”.

A pandemia será algo presente, a meu ver, nos próximos anos, sempre com novas formas de contágio e variantes, logo, temos que nos começarmos a mentalizar que vamos viver com ela e com o seu impacto. Em torno da noite, é preciso criar um fio de ligação e contorno para se conseguir rentabilizar e voltar a colocar nos eixos este setor esquecido e abandonado por todos e que tanto contribui em Portugal para o emprego, economia, entre outros impactos sociais. A responsabilidade e controlo de acessos por parte da segurança privada dos clubs é essencial neste patamar em que se encontra a pandemia, para podermos fazer o que mais gostamos, “dançar”!

Que 2022 seja um ano de salvação, gestões diferentes e que não esqueçam a noite e sua história e importância na economia e na vida de todos.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As festas das aldeias e suas tradições

Com a chegada do verão começa a altura dos arraiais, das festas das aldeias, onde reina o tradicional bailarico e de seguida o dj a fazer o resto da magia.

Praças decadentes

As praças da fruta e do peixe, em Caldas da Rainha, estão em franca decadência. A maioria dos vendedores acredita, inclusive, que com a abertura da nova superfície comercial, no centro da cidade, será muito difícil continuarem a trabalhar.

Parlamento dos Jovens

Nos dias 9 e 10 de maio tive a oportunidade de participar no programa Parlamento dos Jovens, enquanto deputada efetiva do Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro, na Sessão Nacional na Assembleia da República.

olhar