Q

Previsão do tempo

15° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 13° C
15° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 13° C
15° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 13° C

Pesar pela morte de João Paulo Cotrim

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Os Municípios das Caldas da Rainha e de Óbidos lamentaram a morte de João Paulo Cotrim, que faleceu no passado domingo, aos 56 anos, vítima de doença.
Figura nacional da cultura faleceu no passado domingo

Os Municípios das Caldas da Rainha e de Óbidos lamentaram a morte de João Paulo Cotrim, que faleceu no passado domingo, aos 56 anos, vítima de doença.

“A cultura portuguesa ficou mais pobre com o desaparecimento deste nome incontornável da banda desenhada e da ilustração portuguesas. Foi um criativo muito ativo em diversas áreas e, sobretudo, um impulsionador de iniciativas e publicações que deram palco a novos talentos do desenho e da ilustração”, manifestou a autarquia caldense.

“Apaixonado pela obra de Rafael Bordalo Pinheiro foi autor de uma fotobiografia do artista, tendo editado o livro “As Caldas de Bordalo”, de Isabel Castanheira, cuja introdução também escreveu”, referiu.

João Paulo Cotrim “foi um parceiro incansável para a Óbidos Vila Literária, participando ativamente na programação de eventos como o Folio – Festival Literário Internacional e Latitudes. Integrava ainda o Projeto CELA – Connecting Emerging Literary Artists como mentor de jovens escritores e o Projeto Ler Óbidos”, sublinhou a autarquia obidense.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Dois médicos vão reforçar Unidade de Saúde Familiar

Foi concedido um regime de exceção para a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) contratar mais dois médicos avençados para ajudar a resolver a atual fraca resposta da Unidade de Saúde Familiar do Bombarral.

usf

Morreu na cama

Os bombeiros das Caldas da Rainha tiveram na manhã da passada sexta-feira de forçar a entrada numa habitação na aldeia do Chão da Parada para tentar socorrer uma mulher de 55 anos que vieram a encontrar deitada na cama em paragem cardiorrespiratória, na sequência de doença súbita.

Exposição de ceramista moçambicano na Casa dos Barcos

Foi inaugurada no passado dia 12 a exposição “Esperamos a noite ser”, da autoria de João Donato, que tem como foco principal um tríptico de histórias, que traduzem a reação do ceramista aos recentes episódios de violência vividos em Cabo Delgado. Esta mostra, que está patente na Casa dos Barcos, no Parque D. Carlos I, até 12 de fevereiro, conta com “vários teatros cerâmicos”.

exposicao