Q

Previsão do tempo

18° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 25° C
  • Wednesday 27° C
19° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 26° C
  • Wednesday 27° C
19° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 30° C


Vitor Marques: “A nossa iluminação natalícia promove o comércio local”

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Caldas da Rainha voltou a vestir-se de acordo com a quadra natalícia, com iluminação e árvore de natal gigante a par de um conjunto de atividades de animação.
Vitor Marques espera em 2022 um concelho com mais equidade

É altura de tradição com bacalhau e bolo-rei à mesa. Em entrevista ao JORNAL DAS CALDAS, o presidente da Câmara, Vitor Marques, destaca a doçaria típica de excelência, começando pelas cavacas, os beijinhos e também as trouxas e lampreia de ovos.

JORNAL DAS CALDAS: Qual a tradição típica das Caldas da Rainha no natal?

Vitor Marques: Existe uma tradição muito forte no nosso concelho na promoção de momentos artísticos e natalícios para estreitar os laços familiares e potenciar o espírito de solidariedade. A iluminação e a árvore de natal também têm sido uma tradição que mantemos ao longo dos anos e que não só embeleza a cidade para todos os caldenses, como também atrai muitos visitantes.

J-C.: Quais são os pratos e doces tradicionais no natal caldense?

V.M. – O concelho de Caldas da Rainha tem uma doçaria típica de excelência, começando pelas cavacas, os beijinhos e também as trouxas de ovos e lampreia de ovos. Esta doçaria acaba por estar presente na ceia de uma família caldense, apesar de não ser circunscrita à época de natal, uma vez que é uma doçaria transversal a todo o ano e que faz parte da identidade da região. Para além disso, na mesa de natal estão presentes os fritos, como azevias e sonhos, mas estes doces são caraterísticos de várias regiões do país e não só no nosso concelho.

J.C.: A Câmara Municipal das Caldas da Rainha e a associação comercial proporcionam às famílias todos os anos um programa diversificado para celebrar esta quadra. O que destaca neste natal?

V.M. – A pandemia trouxe alguns constrangimentos ao nosso natal e alguns eventos que são nossa tradição, infelizmente não se poderão realizar. A ACCCRO tem feito um esforço para incorporar todas as alterações que têm sido necessárias à programação inicial. O Município tem a responsabilidade de privilegiar a segurança e bem-estar da população caldense acima de tudo, mas o espírito especial de natal sente-se nas ruas da cidade, para trazer alegria e esperança a todas as pessoas, e em especial às nossas crianças que vivem o natal de uma forma mágica.

J.C.: Este ano continuamos com a pandemia a assombrar o natal, qual a mensagem de esperança do Município à população?

V.M. – Infelizmente a pandemia continua a ser uma realidade que vivemos e temos de continuar a ter todas as cautelas, sempre com a consciência de que temos de nos proteger.

A mensagem que quero deixar é de esperança, acredito que com o esforço coletivo, melhores dias estão para chegar, depende de cada um de nós. Como costumo sempre dizer, contamos convosco, contem connosco, é assim o nosso lema, criando pontes sempre no sentido de encontrar soluções para os desafios que imperam.

J.C.: O que está a ser feito para ajudar o comércio local neste natal?

V.M – Considero esta questão muito pertinente e importante, é essencial saber valorizar o que é tão bem feito no nosso concelho. A nossa iluminação natalícia pretende primeiramente relembrar a importância dos valores que esta época traduz e vestir a cidade de natal. Por outro lado, é também uma forma de promover o nosso comércio local.

É importante apelar a que todos possam escolher comprar no comércio local, porque existem produtos de muita qualidade e estamos a apoiar as nossas lojas e empresas e a contribuir para o desenvolvimento do nosso concelho.

J.C.: O natal também é sinónimo de várias ações de solidariedade social. O que é que o Município está a fazer em prol das famílias e pessoas mais carenciadas?

V.M. – O Município vai entregar cabazes com produtos típicos de natal, como bacalhau e broas, bem como alguns produtos para as famílias confecionarem os doces fritos, tão típicos do natal. O nosso propósito é que as famílias com dificuldades financeiras possam celebrar verdadeiramente esta época festiva, com toda a tradição e união. De igual modo, iremos oferecer brinquedos às crianças. No entanto, importa referir que o apoio e a solidariedade social devem ser desenvolvidos todo o ano e não apenas quando o surge o natal, e é esse o desígnio do Município de Caldas.

J.C.: Quais são os seus desejos para o concelho das Caldas para 2022?

V.M. – Em 2022 desejo que possamos desenvolver o processo de mudança que queremos ver acontecer no concelho de Caldas da Rainha, pensando sempre no bem-estar e qualidade de vida das pessoas como uma prioridade e com o enfoque num concelho mais sustentável e com mais equidade e coesão territorial.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

MVC incentiva uso de sacos de pano

Chamar a atenção para a produção e consumo excessivo de sacos de plástico, propondo-se alternativas ao uso do mesmo, levou a Associação MVC - Movimento Viver o Concelho a criar o projeto “Vai à praça? O melhor plano é usar o saco de pano”, com o intuito de estimular a utilização de sacos de pano no quotidiano.

mvc

Tetra Pak junta-se à ESAD.CR para projeto de reciclagem

“Giro das Embalagens” é uma campanha desenvolvida pela Tetra Pak (empresa multinacional de origem sueca, que fabrica embalagens para alimentos) em parceria com a ESAD.CR – Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha, com o objetivo de sensibilizar e envolver toda a comunidade. Pretende-se que os consumidores, criadores, marcas e indústrias reconheçam o ecoponto amarelo como o ponto de partida de um processo de transformação do desperdício em novas matérias-primas que irão moldar o futuro da produção e do consumo.

tetra

Problemas da saúde transmitidos em audiência com secretária de estado  

A secretária de estado da saúde, Maria de Fátima Fonseca, transmitiu nesta sexta-feira ao presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, Vitor Marques, que estão a ser tomadas várias medidas para reforçar a capacidade de recrutamento de médicos, um dos principais problemas que afetam o setor da saúde na região e no país.

secretaria