Q

Previsão do tempo

7° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
7° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
7° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C

“Trabalho à Tarefa” do CEERDL integra pessoas com alguma incapacidade

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Dia Internacional das Pessoas com Deficiência é assinalado a 3 de dezembro. Nas Caldas da Rainha, o Centro de Educação Especial Rainha D. Leonor (CEERDL) é uma organização com diferenciados atendimentos que pretende responder às necessidades destes cidadãos com maior vulnerabilidade, facilitando o seu acesso a serviços e apoios específicos, e promovendo as suas condições de autonomia, de integração e participação social.
O trabalho é realizado nas instalações do CEERDL

O Dia Internacional das Pessoas com Deficiência é assinalado a 3 de dezembro. Nas Caldas da Rainha, o Centro de Educação Especial Rainha D. Leonor (CEERDL) é uma organização com diferenciados atendimentos que pretende responder às necessidades destes cidadãos com maior vulnerabilidade, facilitando o seu acesso a serviços e apoios específicos, e promovendo as suas condições de autonomia, de integração e participação social.

Neste dia o CEERDL mantém a missão de consciencializar alguns, relembrar outros e dizer a todos que aqueles que têm uma “qualquer dificuldade, de natureza física, intelectual, de desenvolvimento e/ou psicológica são pessoas que têm também contributos a dar à sua comunidade na construção de uma sociedade mais igualitária e solidária”.

Tendo a possibilidade de assinalar este dia com todos os leitores do Jornal das Caldas, a presidente da direção da instituição, Ana Domingos, elogiou todas as empresas e entidades “que connosco têm percorrido na ocupação, formação e emprego das pessoas que apoiamos, tornando a nossa comunidade mais aberta à diferença e mais inclusiva”.

A responsável destacou exemplos de empresas, que no âmbito da sua responsabilidade social colaboram diariamente na reabilitação e habilitação de pessoas que frequentam o CEERDL, a partir da aquisição de “Trabalho à Tarefa”, como o Grupo Barros & Moreira, parceiro da instituição no Fórum Sócio Ocupacional e a empresa Nicolau & Rosa, parceira no Centro de Atividades para a Capacitação e Inclusão (CACI).

Segundo Ana Domingos, o “trabalho é realizado nas instalações do CEERDL e o volume de trabalho/unidades é mensalmente acordado com estas empresas, traduzindo-se no embalamento de material/peças por género e quantidade”. “Estes produtos são posteriormente comercializados pelas empresas estando assim disponíveis no mercado de ferragens, bricolage e equipamento sanitário”, explicou. 

Este “Trabalho à Tarefa”, em ambiente ocupacional, “possibilita treinos de motricidade fina, aumentar ritmos de execução e promove competências de trabalho em equipa, concentração, capacidade de decisão e de autonomia”. Por sua vez, os clientes têm alcançado “satisfação individual e coletiva pelo cumprimento de prazos e qualidade de um trabalho final que entra em circuito comercial”.

Entre o CEERDL e estas empresas está estabelecida uma parceria que concilia a “vertente competitiva, a inovação e as práticas focadas no bem comum e na redução da estigmatização social pelo reconhecimento do potencial de trabalho das pessoas com alguma incapacidade”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Icónico edifício da Secla vai ser reabilitado

Depois de vários anos ao abandono e já em estado de degradação, o edifício icónico sede da Secla, nas Caldas da Rainha, vai finalmente ser totalmente reabilitado e valorizado.

secla

Candidato do BE luta “por uma linha do Oeste que responda aos desafios atuais”

O candidato do Bloco de Esquerda pelo distrito de Leiria às próximas eleições legislativas, Ricardo Vicente, viajou no passado dia 12 de comboio na Linha do Oeste, de Leiria para Caldas da Rainha, para assinalar a necessidade de requalificar da linha integralmente, e de garantir velocidades de deslocação competitivas com o transporte rodoviário, contrariamente aos resultados previstos pelo Governo para a requalificação no troço de Meleças até Caldas da Rainha.

bloco