Q

Previsão do tempo

15° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 24° C
15° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 24° C
  • Sunday 25° C
15° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 27° C

Centro de Vacinação vai passar para o pavilhão do Arneirense

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Município das Caldas da Rainha está a preparar um novo centro de vacinação no pavilhão da associação Arneirense, no Bairro dos Arneiros, deixando o Pavilhão da Mata, que regressará à sua missão original, o acolhimento de atividades desportivas.

O Município das Caldas da Rainha está a preparar um novo centro de vacinação no pavilhão da associação Arneirense, no Bairro dos Arneiros, deixando o Pavilhão da Mata, que regressará à sua missão original, o acolhimento de atividades desportivas.

Os preparativos para a transferência estão a ser ultimados, numa medida que vem no seguimento da necessidade de outro espaço que possa ser de fácil acesso aos utentes, tenha dimensão e permita libertar o centro de vacinação atualmente existente para o desenvolvimento dos treinos e jogos de várias modalidades.

A nave principal do Pavilhão da Mata começou por ser utilizada para a vacinação e área de recobro após a mesma, ficando a zona mais interior ocupada pela área de espera, mas quando a situação epidemiológica entrou numa evolução positiva no país as atividades desportivas voltaram a ocupar o espaço central do pavilhão.

No passado sábado, quando o JORNAL DAS CALDAS esteve na Mata, estavam a decorrer treinos de patinagem, enquanto que a sala que era habitualmente utilizada para ténis de mesa estava preenchida pela zona de espera, de vacinação e de recobro.

O aumento de casos de Covid-19 e o prolongamento da vacinação levou agora a autarquia a pensar na transferência de toda a logística dedicada à saúde para o pavilhão do Arneirense, que é grande e não está a ter muita ocupação, podendo ser utlizado para o efeito. Será também aproveitado o terreno do antigo Futebol Clube das Caldas para o estacionamento.

Aparentemente há vantagens mas também desvantagens, como por exemplo o facto do pavilhão se situar numa ponta da cidade.

Mas no Pavilhão da Mata também já havia sistematicamente queixas, sobretudo pelas filas que se geravam no exterior, agora com tempo frio e chuva, nada agradáveis para os utentes, como relatou Conceição Neves numa missiva dirigida à Câmara, onde manifestou a sua “indignação” por ter presenciado pessoas à espera da vacinação, “algumas com problemas devido à idade e mobilidade, em filas na rua, expostas ao frio e chuva”.  

“Tenho 75 anos, ótima mobilidade, já estou vacinada com a terceira dose, mas a vacina nada faz contra a revolta de pensar que a vacinação da população vai continuar nas péssimas condições em que está a decorrer”, comentou, lançando o repto de se convocar a ministra da Saúde a deslocar-se ao Pavilhão da Mata “para se aperceber de que é necessário mais espaço, com condições, para as pessoas não estarem sujeitas às intempéries climatéricas”.

Apesar de se ter passado o mesmo no último sábado de manhã, quando começou a chover, o JORNAL DAS CALDAS presenciou a correção da situação, com ordens do presidente da Câmara para “entrarem todas as pessoas para o pavilhão e ninguém ficar à chuva”. E pouco depois vinha a notícia em primeira mão: “Estamos a preparar o Arneirense para acolher o Centro de Vacinação”. A transferência deverá ocorrer dentro de poucos dias.

Confiança perante nova variante

Os utentes vacinados no último fim de semana nas Caldas da Rainha mostraram-se confiantes na eficácia do processo perante a nova variante do vírus. Só lamentam que ainda haja pessoas que não receberam qualquer dose da vacina contra a Covid-19.

A variante ómicron é encarada como mais uma barreira a ultrapassar pela vacina contra a Covid-19. A população acredita que se está no bom caminho para combater a pandemia. Contudo, faz notar que a luta só se tornará eficaz se todos procurarem ser vacinados.

Nas Caldas da Rainha o processo de vacinação está a decorrer a bom ritmo, revelou a enfermeira Paula Abreu. No sábado de manhã foram vacinadas cerca de 400 pessoas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Marcha do Orgulho com mais de 300 participantes

Realizou-se nas Caldas da Rainha, no passado domingo, uma marcha em defesa da comunidade lésbica, gay, bissexual, transgénero e outras orientações de género, com mais de três centenas de manifestantes a rejeitarem serem discriminados e a reclamarem por condições que permitam assumir as suas escolhas perante a sociedade.

marcha1

Palestra sobre as transformações da família

“A família também evolui! Os diversos apoios às Famílias”, foi como se designou a palestra de sensibilização que decorreu no passado dia 23 na Biblioteca Municipal das Caldas da Rainha. O evento, moderado pela vereadora da Ação Social na Câmara das Caldas, Conceição Henriques, teve como oradoras convidadas a socióloga e investigadora Engrácia Leandro e a representante da Segurança Social do Centro Distrital de Leiria, Fátima Oliveira.

familia 1