Q

Previsão do tempo

18° C
  • Tuesday 18° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 19° C
17° C
  • Tuesday 19° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 19° C
18° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 21° C

Bombeiros das Caldas recolheram mais de 138 mil euros em peditório pelo concelho

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O cortejo de oferendas rendeu mais de 138 mil euros à corporação de bombeiros das Caldas da Rainha. A população do concelho, as juntas de freguesia, a Câmara e o próprio quadro de comando e corpo ativo dos soldados da paz contribuíram para este valor, simbolicamente entregue em cheques gigantes no passado domingo no quartel.

O cortejo de oferendas rendeu mais de 138 mil euros à corporação de bombeiros das Caldas da Rainha. A população do concelho, as juntas de freguesia, a Câmara e o próprio quadro de comando e corpo ativo dos soldados da paz contribuíram para este valor, simbolicamente entregue em cheques gigantes no passado domingo no quartel.

A recolha foi feita porta a porta, ao longo do concelho e o resultado foi semelhante ao do ano passado, levando o comandante da corporação, Nelson Cruz, a comentar que “mais uma vez foi reconhecido o trabalho dos bombeiros”.

O responsável agradeceu a todos os que contribuíram e colaboraram no peditório, destacando os próprios soldados da paz, que “ainda há cerca de três meses doaram à associação 5.600 euros para remodelar a sala do bombeiro” e agora dispensaram 9.615 euros de receitas que iriam auferir, para ser comprada uma carrinha de caixa aberta para estar ao serviço dos bombeiros.

Luís Botelho, presidente da associação humanitária, agradeceu igualmente o apoio dado à corporação e também o contributo dos bombeiros.

Em representação de todos os presidentes de junta, Fernando Fialho, autarca de Santa Catarina, sublinhou que a missão dos bombeiros “é uma causa muito nobre”

Lalanda Ribeiro, presidente da Assembleia Municipal das Caldas da Rainha, disse que “a população correspondeu com uma boa verba, mesmo com as dificuldades da pandemia”, mostrando-se também satisfeito com o empenho dos novos elementos das juntas de freguesia, que se estrearam na dinamização do peditório.

Vitor Marques, presidente da Câmara, relatou que no peditório “vemos pessoas com muitas dificuldades mas que têm uma nota para entregar, o que é algo que nos emociona, pois é a população a reconhecer e a querer desta forma agradecer o trabalho dos bombeiros, que estão sempre disponíveis para nós, quando é cada vez é mais difícil ser bombeiro”.

O edil disse ainda que os apoios da Câmara são “um investimento” e anunciou que está a tentar dotar a corporação de uma segunda Equipa de Intervenção Permanente, que permitirá dar uma resposta ao socorro com maior prontidão.

Os donativos recolhidos foram os seguintes: A-dos-Francos 5.760 euros, Alvorninha 7.300 euros, Carvalhal Benfeito 3.900 euros, Foz do Arelho 4.600 euros, Landal 3.550 euros, Nadadouro 5.080 euros, Salir de Matos 8.000 euros, Santa Catarina 8.180,53 euros, Vidais 5.074,16 euros, Santo Onofre e Serra do Bouro 15.200 euros, Tornada e Salir do Porto 12.503.27 euros, Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório 26.594,82 euros, Câmara Municipal 22.000 euros e quadro de comando e ativo dos bombeiros 9.615 euros. O total é 137.357,78 euros.

A este valor acresce a receita de 806 euros apurada com a bilheteira do jogo entre o Caldas Sport Clube e o Amora, no passado domingo, elevando o resultado para 138.163,78 euros.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Matou o pai por imaginar que praticava atos sexuais com a irmã

Um jovem de 21 anos vai ser julgado por ter assassinado o pai, em agosto do ano passado, em Peniche, por imaginar que o progenitor, de 44 anos, “praticava atos de natureza sexual” com a irmã menor do arguido, sem que houvesse provas que tal acontecera.

julgamento

Reabilitação das duas residências de estudantes e construção de uma nova

A empreitada de reabilitação da residência de estudantes ‘Rafael Bordalo Pinheiro’, na Rua Vitorino Fróis, em Caldas da Rainha, vai permitir aumentar a oferta de camas, das atuais 104 para 117, num investimento de cerca de 1 milhão e 360 mil euros, financiado pelo Programa de Recuperação e Resiliência (PRR), no âmbito do Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior (PNAES).

residencias

Mexilhão gigante no Paul de Tornada

A Associação Pato encontrou um mexilhão gigante no Paul de Tornada quando se dedicava ao estudo dos cágados. Tinha 176 milímetros de comprimento e a espécie nem estava identificada nesta região.

mexilhao