Q

Previsão do tempo

9° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
10° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
10° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C

Concluída reparação no castelo de Óbidos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Ficou concluída a obra de reparação da muralha do castelo de Óbidos, danificada em abril quando uma grua de grandes dimensões, utilizada na reabilitação de um edifício dentro da vila, embateu no monumento nacional.

Ficou concluída a obra de reparação da muralha do castelo de Óbidos, danificada em abril quando uma grua de grandes dimensões, utilizada na reabilitação de um edifício dentro da vila, embateu no monumento nacional.

Segundo a Câmara Municipal, “do embate resultaram danos físicos em dois merlões [intervalos dentados das ameias na muralha] que coroavam o parapeito existente junto ao caminho de ronda da cerca urbana: um merlão ficou parcialmente danificado na parte superior, o outro ficou totalmente destruído”.

Tratava-se de uma obra particular, com licenciamento camarário e autorizações das entidades competentes. De acordo com a autarquia, a utilização da grua era a única possibilidade, face às caraterísticas da intervenção, só que no decurso dos trabalhos de desmontagem da grua, que havia sido instalada na Rua Padre Nunes Tavares, no processo de remoção dos contra-pesos existentes na base da estrutura metálica, um deles embateu no castelo.

A situação foi relatada à Direção-Geral do Património Cultural e à Direção-Geral do Tesouro e Finanças, que detém a propriedade do castelo, assim como à GNR e ao Município de Óbidos, tendo os destroços sido recolhidos para serem utilizados na reconstrução dos elementos arquitetónicos afetados.

“Esta intervenção envolveu o desmonte dos blocos de alvenaria soltos e a reconstrução dos elementos arquitectónicos em alvenaria, mediante a reutilização do material pétreo existente (guardado em depósito para o efeito), a colocação de alguns materiais pétreos idênticos de maior dimensão e a aplicação de uma argamassa de cal compatível”, revelou a autarquia.

A obra esteve a cargo da empresa AOF – Augusto de Oliveira Ferreira & C.ᵃ Lda, que também executou a empreitada de “Reabilitação para colmatação de deficiências e patologias no conjunto urbano Vila de Óbidos”. Houve acompanhamento técnico por parte do Serviço de Arqueologia da Câmara.

Os custos da reconstrução foram suportados pelo promotor da obra particular que esteve na origem do derrube dos merlões.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Novo atendimento por telemóvel

Face à constante manifestação dos utentes por não conseguirem ser atendidos via telefone, por solicitação do Município de Óbidos, e depois de uma reunião entre o presidente da Câmara Municipal de Óbidos, Filipe Daniel, e a directora executiva do Agrupamento de Centros de Saúde Oeste Norte, Ana Pisco, foi criado um novo contacto móvel para o Centro de Saúde de Óbidos.

Mulher apanhada com 156 quilos de pescada subdimensionada

Uma mulher de 37 anos foi detetada nas imediações do recinto da lota da Nazaré na posse de 156 quilos de pescada sem que tivesse a medida mínima estipulada por lei para ser comercializada, resultando na sua apreensão, que aconteceu no âmbito de uma ação de fiscalização destinada ao controlo das regras de captura, desembarque e comercialização de pescado fresco, no porto de abrigo, no passado dia 6.

pescada