Q

Previsão do tempo

10° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 14° C
11° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 14° C
11° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 14° C

Magusto juntou tradição e inovação nas Caldas da Rainha

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O famoso calor tardio próprio de São Martinho este ano voltou a confirmar-se com vários dias de sol temperatura amena de norte a sul do país. Apesar do dia de São Martinho se assinalar a 11 de novembro, durante o fim de semana foram várias as pessoas que aproveitaram o bom tempo para celebrar o […]
Jardim do Museu da Cerâmica recebeu o magusto

O famoso calor tardio próprio de São Martinho este ano voltou a confirmar-se com vários dias de sol temperatura amena de norte a sul do país.

Apesar do dia de São Martinho se assinalar a 11 de novembro, durante o fim de semana foram várias as pessoas que aproveitaram o bom tempo para celebrar o magusto.

Partindo de uma lenda milenar e mantendo uma tradição antiga, o magusto foi celebrado um pouco por todo o concelho.

No sábado o Jardim do Museu da Cerâmica recebeu o magusto, onde várias pessoas se reuniram para provarem as castanhas, a batata doce e o vinho, assim como os bolos próprios da época, numa celebração onde a animação e a boa disposição foram constantes.

O evento foi dinamizado pelo GAMC – Grupo dos Amigos do Museu de Cerâmica e contou com a atuação musical de Jorge Montês, Luís e Martim Marques (pai e filho). 

Patricia Loureiro, presidente do GAMC, mostrou-se bastante satisfeita com a retoma da iniciativa, após uma paragem de três anos, que juntou dezenas de pessoas num momento de grande convívio. “Constitui sobretudo um momento de celebração de uma tradição que tem como intuito aproximar e promover o GAMC”, explicou.

Foi uma forma também de conhecer o Museu da Cerâmica, uma vez que durante o magusto no jardim o espaço museológico esteve aberto para quem quisesse visitar.

Presente no evento esteve Nicole Costa, diretora dos Museus José Malhoa e da Cerâmica, nas Caldas e do Museu Dr. Joaquim Manso, na Nazaré, que proporcionou a visita ao interior do museu. Vinda do Brasil e a viver nas Caldas há cerca de dois meses confessou que não sabia o que era o magusto até à pesquisa que fez antes do evento. Nicole Costa referiu que as tradições “mobilizam muito os afetos e as pessoas e isso é importante para a identidade cultural de todos os povos”.

Já a vereadora responsável pelo pelouro da cultura, Conceição Henriques, disse ao JORNAL DAS CALDAS que Wé muito importante manter a tradição e voltar à normalidade, uma vez que a pandemia colocou um afastamento grande das pessoas”. “Espero que consigamos voltar à normalidade com um novo ímpeto porque agora sabemos que a nossa vida de convívio pode ser interrompida”, apontou. 

Presente no magusto esteve o presidente da Câmara das Caldas, Vitor Marques, e os presidentes das Uniões de Freguesias da cidade, Pedro Braz e Nuno Aleixo.

Verão de S. Martinho celebrado no Céu de Vidro

s martinho 3
Magusto destacou o artesanato local no Céu de Vidro

O verão de S. Martinho foi celebrado no Céu de Vidro, no passado fim de semana, numa iniciativa que uniu a Associação de Artesãos das Caldas da Rainha com o Rancho da Fanadia.

Foi um magusto diferente, porque além das castanhas assadas, água pé e pão quente foi destacado o artesanato local. Ao todo estiveram no Céu de Vidro vinte bancas de artesanato. Marcaram presença associados da associação caldense, como também puderam ser adquiridos trabalhos artesanais de autores convidados pela organização.

Segundo Júlia Lopes, presidente da Associação de Artesãos das Caldas da Rainha, “o balanço foi muito positivo, o tempo ajudou e as pessoas aderiram à iniciativa”.

s martinho 4 1
Água pé caseira da Fanadia

Nesta iniciativa realizaram-se atividades para crianças, com um concurso de olaria e de modelação.

A artesã caldense Saudade Almeida teve oportunidade de “mostrar os meus trabalhos de reciclagem de objetos com linha de macramé”.

As pessoas que passaram no Céu de Vidro apreciaram bancas com bijuteria, trabalhos em cerâmica, madeiras, bordados, entre outros materiais.

E como manda a tradição não faltaram o pão com chouriço e as castanhas, que foram assadas no parque pelos elementos do Rancho da Fanadia. A água pé caseira feita da Fanadia foi um sucesso.

s martinho 2 1
Patrícia Loureiro e Nicole Costa
s martinho 6 1
Vanda Viegas Cerâmica
s martinho 5 1
Castanha assada
(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Sessão “Gestão e Cuidado do Voluntário”

O projeto CLDS 4G (Contrato Local de Desenvolvimento Social) vai promover no dia 3 de dezembro, entre as 15h e as 17h, no Centro de Recursos Comunitário das Caldas da Rainha, uma sessão com o tema “Gestão e Cuidado do Voluntário”, onde se pretende abordar a importância do voluntariado numa perspetiva do crescimento pessoal que este proporciona, permitindo adquirir novas competências, sendo a técnicos e dirigentes das entidades da rede social das Caldas da Rainha.

Pedro Seixas candidata-se à presidência do PS/Caldas

Pedro Seixas, militante do Partido Socialista, anunciou que será candidato à presidência da concelhia do PS de Caldas da Rainha, explicando que “este é o momento para avançar, numa candidatura unificadora, que sai da reunião de vontades de um conjunto bastante alargado de militantes”, num projeto que tem como mote “A militância que nos une!”.

seixas