Q

Previsão do tempo

13° C
  • Friday 17° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 27° C
13° C
  • Friday 17° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 27° C
14° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C

Parque D. Carlos I acolheu Feira das Velharias

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
É no segundo domingo de cada mês que o Parque D. Carlos I se transforma num portal para “regressar ao passado”. Neste mês de novembro, o dia 14 foi para apreciar as velharias, que, independentemente da passagem dos anos, são o revivalismo de “tempos que já lá vão” e que, agora, constituem marca de bom gosto e distinção em qualquer casa. Combinar o “retro” ou “vintage” com peças contemporâneas parece ser a tendência dos decoradores.
Ana Paula Marques faz bonecas de pano que lembram as de antigamente

É no segundo domingo de cada mês que o Parque D. Carlos I se transforma num portal para “regressar ao passado”. Neste mês de novembro, o dia 14 foi para apreciar as velharias, que, independentemente da passagem dos anos, são o revivalismo de “tempos que já lá vão” e que, agora, constituem marca de bom gosto e distinção em qualquer casa. Combinar o “retro” ou “vintage” com peças contemporâneas parece ser a tendência dos decoradores.

Gramofones, discos de vinil, livros, brinquedos, roupa, peças de cerâmica, coleções de moedas, peças em ferro forjado, linhos antigos, tapeçarias, louças antigas levaram-nos ao tempo dos nossos avós.

O JORNAL DAS CALDAS encontrou alguns vendedores de artesanato que também expunham os seus produtos para venda. Ana Paula Marques descobriu a sua vocação para fazer bonecas de pano durante o primeiro confinamento. As suas bonecas fazem lembrar as de antigamente e é tudo feito à mão. Segundo a artesã, aprendeu a costurar “com a ajuda da internet” e revistas da especialidade, “o resto veio depois”. Os “nécessaires”, os peluches, as carteiras, os têxteis para o lar, os “naninhos para bebés” são alguns dos trabalhos da artesã, que confessou que “ontem não fui ver o Toy porque queria fazer mais uns babetes para trazer para a feira”. Por enquanto, a sua vocação ainda não paga as despesas, mas sonha com uma pequena loja. Para já, vende nas feiras e aceita encomendas.

A feira regressa no próximo mês. Se é colecionador, gosta de antiguidades ou, simplesmente, gosta de peças com história, tem de esperar pelo segundo domingo de dezembro.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

127 anos dos bombeiros festejados em cerimónia emotiva

A cerimónia do 127º aniversário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários das Caldas da Rainha, realizada no passado domingo, foi bastante emotiva, pela passagem ao quadro de honra de dois bombeiros, pelas promoções, condecorações e louvores, pela transferência de testemunho do porta-estandarte, pela atribuição de patrono a duas viaturas, pelo elogio ao comandante de Pedrógão Grande, mas sobretudo por ter sido lembrada a morte de um bombeiro da corporação vizinha de Óbidos no maior incêndio ocorrido este ano nas Caldas da Rainha.

bombeiros1

Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste – Fábio Romano – 18 valores

Fábio Romano, de 33 anos, aluno da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, do curso de Gestão e Produção de Cozinha, foi o melhor aluno com uma classificação de 18 valores (correspondendo aos dois primeiros semestres. Encontra-se a aguardar a nota de estágio curricular, que irá ainda integrar esta média).

img 6552 2 fabio romano