Q

Previsão do tempo

15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 15° C
15° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 15° C

Peditório da Liga Portuguesa contra o Cancro

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Peditório Nacional da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) decorreu entre 29 de outubro e 1 de novembro, através da colaboração de milhares de voluntários, devidamente identificados com o colete da instituição e com os habituais cofres lacrados com o símbolo da LPCC. A LPCC é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, declarada […]
O peditório anual garante o desenvolvimento de atividades de prevenção do cancro

O Peditório Nacional da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) decorreu entre 29 de outubro e 1 de novembro, através da colaboração de milhares de voluntários, devidamente identificados com o colete da instituição e com os habituais cofres lacrados com o símbolo da LPCC.

A LPCC é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, declarada de utilidade pública e isenta da IRC, habilitada a receber donativos de particulares e empresas, os quais, mediante o recibo emitido pela Liga, terão enquadramento fiscal em sede de IRS e IRC, respetivamente.

Não recebendo quaisquer subsídios estatais para o desenvolvimento das suas atividades e programas, os donativos concedidos à LPCC, sobretudo pela altura do peditório anual, são o garante financeiro para o desenvolvimento das atividades de prevenção primária e secundária do cancro, de apoio à formação e investigação em oncologia e de apoio social ao doente oncológico e familiares.

Cabe a cada Núcleo Regional da LPCC organizar, na sua área geográfica, o peditório anual que, para além da dedicação dos seus colaboradores, conta com o apoio e trabalho de centenas de voluntários e clubes de serviço à comunidade, como referência aos escuteiros, lions clubes, rotários, paróquias, escolas, juntas de freguesia, entre outros.

Segundo a informação veiculada na página eletrónica da LPCC, o Programa de Rastreio de Cancro da Mama (desenvolvido em estreita colaboração com os Cuidados de Saúde Primários) cobre atualmente, as regiões Centro, Alentejo e Norte do país e encontra-se em alargamento à Região de Lisboa e Vale do Tejo. Utiliza sobretudo unidades móveis que se deslocam de dois em dois anos a cada concelho e unidades fixas. São enviadas cartas-convites às mulheres em idade rastreável (50-69 anos) inscritas nos Centros de Saúde, para realizar uma mamografia (exame gratuito).

Nos últimos anos, foram já realizadas mais de 4,3 milhões de mamografias de rastreio e encaminhadas para diagnóstico e tratamento mais de 20 mil mulheres, o que permitiu um tratamento menos agressivo e mais eficaz.

Os doentes oncológicos podem procurar ajuda e aconselhamento através da “Linha Cancro” 808 255 255 e da “Linha Pulmão” 808 259 259. São projetos da LPCC que têm como objetivo o acompanhamento de pessoas com cancro, familiares e amigos em todas as fases do processo terapêutico. É uma equipa constituída por técnicos especializados, enfermeiros e psicólogos, com formação na área da oncologia. Através destas linhas, são dadas informações e esclarecimentos no âmbito do apoio social (encaminhamento para serviços de apoio), apoio psicológico, bem como informações gerais sobre a doença e sobre os direitos gerais do doente oncológico.

Os contactos, disponíveis de segunda a sexta-feira, entre as 9h00 e as 18h00, visam prestar apoio às pessoas com cancro, em geral, e com cancro do pulmão, aos seus familiares, cuidadores ou amigos.

Uma linha de apoio dedicada apenas ao cancro do pulmão explica-se devido à grande incidência e mortalidade. A cada ano surgem 1,6 milhões de novos casos e ocorrem 1,4 milhões de mortes. Em Portugal é causa de morte para 3500 pessoas por ano. Além disso, esta é a primeira causa de morte nos homens e é já o quarto tipo de cancro nas mulheres.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Barreira junto ao forte da Nazaré

Foi instalada uma barreira física junto ao Forte de São Miguel Arcanjo, na Nazaré, que inviabiliza a passagem para uma área exposta a riscos de segurança.

forte