Q

Previsão do tempo

10° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 14° C
11° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 14° C
11° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 14° C

Aqueduto é um dos mais bonitos de Portugal

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Aqueduto de Óbidos é considerado um dos 18 mais bonitos de Portugal. A divulgação da lista é feita pelo site viagens.sapo.pt, uma plataforma digital, com a melhor seleção de artigos, dicas e crónicas para viajar por locais de todos os cantos do mundo.
Aqueduto tem um total de seis quilómetros

O Aqueduto de Óbidos é considerado um dos 18 mais bonitos de Portugal. A divulgação da lista é feita pelo site viagens.sapo.pt, uma plataforma digital, com a melhor seleção de artigos, dicas e crónicas para viajar por locais de todos os cantos do mundo.

Conhecido como aqueduto da Usseira, uma vez que é ali o seu início, veio revolucionar o sistema de abastecimento de água à vila de Óbidos. Mandado edificar pela Rainha D. Catarina de Áustria, esposa de D. João III e irmã do imperador Carlos V, em 1573, possivelmente veio a ser finalizado já no reinado de Filipe I.

Com a sua origem numa nascente de Usseira, finaliza no Chafariz Real da Praça de Santa Maria de Óbidos, perfazendo um total de seis quilómetros, três dos quais subterrâneos.

Conjuntamente com a instalação de uma grande praça renascentista no centro da vila, o aqueduto insere-se num plano de modernização e de crescimento a que foram sujeitas muitas cidades e vilas do país, fomentado pela rainha e pelo seu neto, D. Sebastião, de modo a promover a melhoria das condições de vida e de abastecimento às populações.

Como compensação pelas obras realizadas a custo da casa da rainha, o Município de Óbidos entregou ao património régio as terras férteis a poente da vila, que ainda hoje guardam o nome de Várzea da Rainha.

O aqueduto é formado por três troços com apenas um registo, em que as arcadas são constituídas em arcos de volta perfeita, sendo em ponta quebrada na passagem das vias, reforçadas a espaços regulares por pegões.

Esta estrutura sofreu obras de restauração em 1611 e 1622. Neste ano a fonte também sofreu restauros, terminando com os últimos restauros em 1717. Entrou na lista dos Imóveis de Interesse Público em 1962.

Poderá ser hoje visitado na sua extensão através de um percurso pedonal criado recentemente para o efeito, onde se desfruta das melhores vistas e paisagens sobre a vila.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Almoço pedagógico

O polo de Peniche da Escola Profissional Alda Brandão de Vasconcelos realizou um almoço pedagógico no Restaurante BrisaMar, no Hotel PinhalMar Peniche, confecionado e servido pelos alunos do Curso Profissional Técnico de Cozinha/Pastelaria.

solidario

Professor caldense concorre às eleições legislativas

Carlos Ubaldo, de 57 anos, professor na Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, em Caldas da Rainha, é o nº 3 na lista do Bloco de Esquerda no distrito de Leiria nas próximas eleições legislativas, depois de ter sido o candidato à Câmara Municipal das Caldas da Rainha nas últimas eleições autárquicas.

Exposição sobre violência contra as mulheres

O Município do Bombarral, o Núcleo de Intervenção Local para a Área da Violência Doméstica e o Agrupamento de Escolas Fernão do Pó assinalaram, a 25 de novembro, o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, com uma exposição de trabalhos dos alunos de artes do 12º ano.

exposicao