Q

Previsão do tempo

20° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 24° C
20° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 24° C
20° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 26° C

Protocolo apoia estudantes de Moçambique

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Câmara Municipal das Caldas da Rainha, o Politécnico de Leiria (IPL) e o Instituto de Bolsas de Moçambique assinaram, no passado sábado, um protocolo de cooperação que vai apoiar quatro estudantes de Moçambique que ingressem nos cursos Técnicos Superiores Profissionais ministrados pelo IPL.
Carla Caomba, Vitor Marques e Rui Pedrosa

A Câmara Municipal das Caldas da Rainha, o Politécnico de Leiria (IPL) e o Instituto de Bolsas de Moçambique assinaram, no passado sábado, um protocolo de cooperação que vai apoiar quatro estudantes de Moçambique que ingressem nos cursos Técnicos Superiores Profissionais ministrados pelo IPL.

O protocolo prevê a cedência de alojamento, a título gratuito, pelo Município das Caldas da Rainha, e a concessão da isenção de taxa de matrícula e de taxa de candidatura por parte do IPL. A redução em 50% do valor da propina anual para estudante internacional é outro dos apoios.

O Instituto de Bolsas de Estudo do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Moçambique será responsável pela atribuição de bolsas de estudo para cobrir as despesas de deslocação a Portugal, propinas, alimentação e vivência em contexto académico.

Para o presidente da Câmara das Caldas da Rainha, Vitor Marques, o acordo agora firmado é “uma porta que se abre e que queremos manter aberta, até para as escolas de ensino profissional do concelho e que poderão capacitar os alunos noutras áreas”.

O presidente do IPL, Rui Pedrosa, sublinhou a “colaboração ímpar” da autarquia, referindo que “estes desafios só são possíveis com parcerias de confiança”.

A diretora-geral do Instituto de Bolsas de Estudo do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Carla Caomba, agradeceu a “oportunidade que é concedida” e que vai contribuir para o desenvolvimento de “soluções profissionais para Moçambique”.

A responsável acredita que estes apoios permitem “concretizar os sonhos dos jovens moçambicanos e desenvolver o capital humano e social, que irão beneficiar as comunidades de onde [os estudantes] são provenientes”.

O acordo é celebrado pelo período de dois anos letivos e aplica-se aos estudantes cujo ingresso no Politécnico de Leiria ocorra no ano letivo de 2021/2022.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Equipa de “As Três da Manhã” na Praça da Fruta

Durante três dias, a Rádio Renascença percorreu o país fazendo emissões contra a solidão dos mais velhos. Ana Galvão, Inês Lopes Gonçalves e Joana Marques ajudaram a recolher donativos para os projetos da Cáritas direcionados à terceira idade.

tres

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

almeida 3

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

premio 1