Q

Previsão do tempo

12° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 14° C
12° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 14° C
12° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 14° C

PS assume presidência da Câmara e PSD lidera Assembleia Municipal

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O socialista Ricardo Fernandes tomou posse na passada sexta-feira de mais um mandato como presidente da Câmara Municipal do Bombarral, durante a cerimónia de instalação dos órgãos municipais para 2021-2025. Na sessão, no Teatro Eduardo Brazão, foi eleito o presidente da Assembleia Municipal, que passou a ser Élio Leal, do PSD.
Executivo Municipal (foto José António)

O socialista Ricardo Fernandes tomou posse na passada sexta-feira de mais um mandato como presidente da Câmara Municipal do Bombarral, durante a cerimónia de instalação dos órgãos municipais para 2021-2025. Na sessão, no Teatro Eduardo Brazão, foi eleito o presidente da Assembleia Municipal, que passou a ser Élio Leal, do PSD.

Na cerimónia de tomada de posse dos novos órgãos da autarquia – deputados e vereação, Ricardo Fernandes começou por agradecer “aos bombarralenses, que deram o seu voto de confiança para continuarmos a cuidar do Bombarral”. “Houve reconhecimento que, apesar de todas as dificuldades, esta seria a equipa mais preparada para abraçar os desafios que se colocarão nos próximos quatro anos”, apontou o autarca reeleito nas últimas autárquicas, que tem como objetivo “conduzir este município para padrões condizentes com a sua história de sucesso”.

Ricardo Fernandes também recordou que “apesar de todas as vicissitudes inimagináveis e totalmente comprometedoras de sucesso nos domínios a que nos propusemos há quatro anos, conseguiram-se performances e desempenhos verdadeiramente notáveis”, dando como exemplo diversas obras. Tudo isso, segundo o autarca, “fruto de muito querer, de achar que nada é impossível com empenho, trabalho e muita vontade de fazer”.

Falou igualmente da vontade de tornar o território “um concelho atrativo para quem cá vive”. Também ter notoriedade externa, colocar o concelho bem visível, a renovação da frota municipal, substituição da cobertura do pavilhão desportivo municipal, introdução de painéis solares fotovoltaicos, incrementar a reabilitação urbana do concelho e desenvolver um programa estratégico para a reabilitação urbana da vila, com ações calendarizadas para um arco temporal de 15 anos, são metas a atingir.

Para o autarca, “o Bombarral hoje está melhor do que há quatro anos e seguramente que daqui a outros quatro estará melhor”. Nesse sentido “continuaremos o nosso trabalho em prol de um Bombarral cada vez mais bem preparado para enfrentar o futuro, e por isso vamos construir a Loja do Cidadão, com todas as valências, novos estaleiros municipais, reorganizar os serviços municipais, apostar na digitalização e desmaterialização de processos, melhorar a articulação com as juntas de freguesia, tornando-as “verdadeiras extensões da autarquia”, continuar com o incremento do apoio ao movimento associativo, reforçar o apoio social em diversas valências, e por fim, aproveitar as oportunidades que surgirão no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência.

tomada bombarral2 1
Mesa da Assembleia Municipal (foto José António)

Com a tomada de posse do novo executivo a vereação é agora composta por Ricardo Fernandes (PS), presidente da autarquia, Nuno Vicente (PS), Selma Santos (PSD), Carlos João Fonseca (PSD), Nuno Mota (PSD), Bruno Santos (PS), e Fátima Coelho (PS).

O presidente cessante da Assembleia Municipal, Jorge Gabriel Martins, procedeu à instalação dos novos eleitos para a Assembleia Municipal, onde a eleita pelo PS, Margarida Marques, na qualidade de cabeça de lista mais votada, assumiu o cargo por minutos.

Após alguma polémica inicial suscitada pela decisão da mesma de usar uma cabine de voto para a votação do novo presidente da Assembleia, com contestação da bancada do PSD, que alegava nunca tal ter sido a prática no Bombarral, procedeu-se à votação, com duas candidaturas, Margarida Marques (PS) e Élio Leal (PSD).

O resultado da primeira votação determinou um empate, com doze votos em cada uma das listas e um voto em branco, pelo que foi, nos termos da lei, repetida a votação. Nesta segunda instância, o resultado foi de catorze votos no candidato do PSD e onze votos na candidata do PS, pelo que foi eleito presidente da Assembleia Municipal do Bombarral o social-democrata Élio Leal.

Para o cargo de primeiro secretário, a eleita do PSD, Vanda Laura, derrotou Fialho Marcelino, do PS, com treze votos contra doze.

O inverso sucederia na eleição para segundo secretário, com a candidata do PS, Sandra Barros, a ser eleita para o cargo, com treze votos contra doze do social-democrata Luís Bernardino.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Vinhos e doces no Festival de Gastronomia

O Município do Bombarral marcou presença, no passado dia 20, no Festival Nacional de Gastronomia, evento que decorreu na Casa do Campino, em Santarém.

gastronomia

Despiste mortal

Um homem de 64 anos morreu num acidente ocorrido no passado domingo no concelho do Bombarral. Tratou-se do despiste de uma viatura ligeira, pelas 10h40, em...

“Mais Ouvidos que Barriga”

A Mata Municipal do Bombarral vai ser palco, nos dias 27 e 28 de novembro, do evento “Mais Ouvidos que Barriga”, com as atuações das fadistas Silvina Pereira (dia 27) e Idília Pedrosa (dia 28).