Q

Previsão do tempo

10° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 14° C
11° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 14° C
11° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 14° C

Filipe Daniel tomou posse como novo presidente da Câmara

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O engenheiro agrónomo Filipe Daniel tomou posse no passado domingo como novo presidente da Câmara Municipal de Óbidos, assumindo-se como uma “renovação de um período dentro do ciclo de governação PSD”, estando acompanhado por “uma equipa de vereadores experientes, que conhecem a realidade e que estão disponíveis para continuar a ajudar a construir o futuro do concelho”.
Equipa que vai liderar os destinos do concelho nos próximos quatro anos

O engenheiro agrónomo Filipe Daniel tomou posse no passado domingo como novo presidente da Câmara Municipal de Óbidos, assumindo-se como uma “renovação de um período dentro do ciclo de governação PSD”, estando acompanhado por “uma equipa de vereadores experientes, que conhecem a realidade e que estão disponíveis para continuar a ajudar a construir o futuro do concelho”.

O auditório municipal da Casa da Música, que estava lotado, testemunhou a cerimónia de instalação dos novos órgãos autárquicos – Assembleia e Câmara Municipal – para o período 2021/2025, e onde o novo presidente agradeceu o apoio dado “desde a primeira hora e de terem acreditado em mim para liderar um projeto que não é só meu, mas que será seguramente um projeto de todos”. “Este é também o momento em que assumo perante todos os obidenses uma grande responsabilidade”, frisou Filipe Daniel, adiantando que “tentarei nunca desiludir e exercer com o sentido de missão o desígnio que me foi confiado”.

Antes de falar dos objetivos para os próximo quatro anos, o novo presidente fez questão de destacar o “legado cívico e político” que o concelho e ele próprio recebeu do anterior presidente. “Mais do que as obras, mais até do que a exigência, o rigor e a transparência exemplares com que geriu os dinheiros públicos, Humberto Marques deixa ao concelho um modelo de pedagogia democrática e cívica”, enalteceu o autarca.

Este mandato, que “assumir-se-á como a renovação de um período dentro do ciclo de governação PSD”, estará focado “na inovação, no desenvolvimento e no progresso”.

Além de “dar continuidade a todas as agendas que têm afirmado Óbidos”, Filipe Daniel irá apostar em acelerar o crescimento económico, assente na qualidade e na sustentabilidade.

“Não basta crescer. É preciso crescer com qualidade para ter um concelho com diversidade e com projetos, que tragam qualidade indiscutível”, apontou Filipe Daniel, adiantando que vai apostar na sustentabilidade ambiental, com base num modelo de desenvolvimento assente na economia circular aplicada a todas as áreas de ação. Por último, apostar na inovação, sendo “preciso ser inovador em comunidade”.

No que diz respeito à Lagoa de Óbidos, o autarca afirmou que estará “disponível para fazer parte da solução”, e que será ainda “intransigente quanto à modernização da Linha do Oeste”. Por outro lado, afirmou que “precisamos de continuar a reinventar a intervenção social e a aumentar a nossa rede de apoios sociais”. “Precisamos de mais saúde pública e nesse sentido tudo farei para que o novo Hospital do Oeste seja uma realidade”, sublinhou.

Pretende implementar um novo modelo de gestão territorial, realizar um contrato urbanístico que clarifique e facilite a vida dos empresários e cidadãos, apostar na descentralização, usar tecnologias ao serviço da população e agilizar procedimentos e tempo de resposta pelo município. “Estas são apenas algumas metas que contarei desenvolver neste mandato que hoje se inicia”, explicou o autarca, mostrando-se convicto de que com ajuda de todos, “Óbidos poderá ser ainda um concelho melhor”.

Fernando Jorge é presidente da Assembleia Municipal

A sessão contou ainda com a tomada de posse dos membros eleitos para a Assembleia Municipal, incluindo os presidentes de juntas de freguesias do concelho, bem como os membros do executivo municipal para o novo mandato. Além do presidente da Câmara Municipal, Filipe Daniel, tomaram posse os vereadores José Pereira, Margarida Reis e Telmo Félix, que estiveram em funções nos últimos quatro anos. Pelo PS, Paulo Gonçalves mantém-se como vereador, posição também assumida por Ana Sousa e Vítor Rodrigues.

De seguida, procedeu-se à primeira reunião da Assembleia Municipal, com o propósito de eleger a mesa deste órgão deliberativo, tendo sido apresentadas a sufrágio duas listas candidatas: lista A, composta por Fernando Jorge (PSD), Ivone Cristino (PSD) e Olga Prada (PSD), e lista B, constituída por Pedro Freitas (PS), Anabela Corado (PS) e Fernando Ângelo (PS).

A eleição registou 15 votos na lista A, 10 votos na lista B e dois em branco, tendo Fernando Jorge assumido novamente a condução dos trabalhos da mesa da Assembleia Municipal. “Ser eleito de novo para servir este concelho como presidente da Assembleia Municipal é uma grande honra e asseguro que tudo farei para honrar a confiança”, frisou Fernando Jorge, garantindo que pretende que o órgão deliberativo “continue a ser um exemplo de democracia, isenção, tolerância e solidariedade reforçada”.

À semelhança do mandato anterior, o responsável pretende continuar a realizar sessões da assembleia de forma descentralizada por todas as freguesias do concelho, apostar na realização de um momento anual de participação ativa de cidadania por parte dos jovens do ensino secundário, alargar a criação de comissões ou grupos de trabalho de acompanhamento dos principais atos e investimentos para o concelho, fomentar a realização de momentos de debate de temas ou assuntos de grande interesse para Óbidos, e colocar cada vez mais as novas tecnologias ao serviço da Assembleia Municipal.

Foram também convidados a intervir os líderes das forças políticas da Assembleia Municipal, como a deputada da CDU, Silvia Correia, que referiu que “o partido espera que o novo mandato não destoe daquele que terminou e que faça algo mais concreto para resolver os problemas da população”. Também Manuel Marques, do Chega, sublinhou que irá “contribuir para o bem de Óbidos”, e Pedro Freitas, do PS, frisou que será “uma oposição em busca dos interesses da população obidense”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Professor caldense concorre às eleições legislativas

Carlos Ubaldo, de 57 anos, professor na Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, em Caldas da Rainha, é o nº 3 na lista do Bloco de Esquerda no distrito de Leiria nas próximas eleições legislativas, depois de ter sido o candidato à Câmara Municipal das Caldas da Rainha nas últimas eleições autárquicas.

Biblioteca organiza Comunidade de Leitores

A Casa José Saramago - Biblioteca Municipal de Óbidos dará início à sua Comunidade de Leitores - “Ler em Casa”, com a primeira sessão a decorrer no dia 4 de dezembro, pelas 10 horas.

Maestro Victorino de Almeida nos 50 anos da Galeria Ogiva

Na tarde deste domingo foram assinalados os 50 anos da Galeria Ogiva, em Óbidos, com uma festa que contou com a participação do maestro Victorino de Almeida, bem como com o lançamento de um livro de memórias do mestre José Aurélio, fundador daquele espaço.

ogiva