Q

Previsão do tempo

6° C
  • Tuesday 11° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 14° C
7° C
  • Tuesday 11° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 14° C
6° C
  • Tuesday 11° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 14° C
Divergência

Deputada eleita pelo Chega desvincula-se do partido

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A concelhia do Bombarral do Chega, presidida por João Hermenegildo, emitiu um comunicado a dar conta de que na sequência de divergências retirou a confiança política a Rute Oliveira, eleita pelo partido para a Assembleia Municipal, mas que se desvinculou de militante, passando a ser independente.
A deputada foi eleita pelo Chega

Divergência

A concelhia do Bombarral do Chega, presidida por João Hermenegildo, emitiu um comunicado a dar conta de que na sequência de divergências retirou a confiança política a Rute Oliveira, eleita pelo partido para a Assembleia Municipal, mas que se desvinculou de militante, passando a ser independente.

“Tendo em conta a falta de lealdade política, o comportamento indisciplinado, a má fé que colocou na sua relação com partido”, a comissão política do Chega do Bombarral, com a aprovação das estruturas distrital e nacional do partido, decidiu por unanimidade exigir a Rute Oliveira a renúncia ao mandato autárquico, o que não veio a acontecer, com a deputada a tomar posse na passada sexta-feira.

O Chega afirma que a eleita, professora do ensino básico, “de forma reiterada escondeu a sua intenção de trair o partido”, que na Assembleia Municipal podia vir a ser o “fiel da balança”, tal como a CDU e o CDS, pois em altura de votações teria eventualmente possibilidade de desempatar entre o PS e PSD, que alcançaram igual número de deputados (nove) e repartem as juntas de freguesia (duas para cada partido), cujos presidentes também votam na Assembleia.

Após as eleições a candidata havia transmitido que “irei defender o interesse grandioso do concelho como deputada municipal com muito empenho”, agradecendo a “todos os meus colegas e amigos do Chega o apoio e companheirismo verdadeiro nestes últimos meses”.

Contudo, numa carta enviada no dia 1 de outubro ao presidente do Chega, André Ventura, Rute Oliveira transmitiu que “devido a incompatibilidades irreversíveis com o presidente da concelhia do Bombarral renuncio à militância”, tendo devolvido o respetivo cartão de identificação de militante, que anexou na comunicação.

Rute Oliveira informou também que exercerá o cargo de membro da Assembleia Municipal do Bombarral na condição de independente.

Aos eleitores, a deputada esclareceu que “o Bombarral será sempre a minha força política. Nunca terei interesses pessoais. Assumi um compromisso como deputada e irei fazer o melhor possível para orgulho de todos os que me elegeram”. Estará assim na Assembleia Municipal como independente “para poder defender os melhores interesses deste grande concelho”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Mercado de Santana foi palco do início de campanha do CDS com o líder

A campanha para as eleições legislativas começou para o CDS no concelho das Caldas da Rainha, mais propriamente no Mercado de Santana, em Alvorninha, no passado domingo, com a presença do líder do partido, Francisco Rodrigues dos Santos, acompanhado dos cabeças de lista por Leiria e Santarém, António Galvão Lucas e Pedro Melo, respetivamente, para além de outras figuras, como o candidato em nº4 por Leiria, Paulo Pessoa de Carvalho, que nas últimas autárquicas liderou a coligação na qual constava o CDS, que concorreu à Câmara das Caldas.

cds

Homenagem a Luís “Bicau”

A Oeste Rescue, associação de nadadores salvadores, prestou na tarde do passado sábado homenagem ao Luís Alberto, conhecido por “Bicau”, de 44 anos, que há dias foi encontrado morto nas imediações da Lagoa de Óbidos.

bicau

Mais eucaliptos nas Caldas

Uma portaria publicada no Diário da República no dia 5 de janeiro aumenta o limite máximo da plantação de eucaliptos em diversos concelhos do país, incluindo Caldas da Rainha, que passa de 5702 para 6272 hectares.

eucaliptos