Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 19° C
17° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 20° C
17° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 20° C

Lalanda Ribeiro vai continuar à frente da Assembleia Municipal

13 de Outubro, 2021
Apesar de ter sido a lista mais votada, António Curado, do movimento “Vamos Mudar” (VM), número um à Assembleia Municipal das Caldas da Rainha, não foi designado presidente daquele órgão autárquico. Lalanda Ribeiro continuará como presidente.
Votação para presidente da Assembleia Municipal

Apesar de ter sido a lista mais votada, António Curado, do movimento “Vamos Mudar” (VM), número um à Assembleia Municipal das Caldas da Rainha, não foi designado presidente daquele órgão autárquico. Lalanda Ribeiro continuará como presidente.

Depois da sessão de tomada de posse decorreu a primeira reunião da Assembleia Municipal com um único ponto, que era eleger o presidente. Foram apresentadas duas listas: lista A, composta por António Curado (VM), Vânia Almeida (PS) e Nuno Aleixo (VM), e lista B, constituída por Lalanda Ribeiro (PSD), Pedro Marques (PSD) e Alice Gesteiro (PSD). Ganhou a lista B com 16 votos e a lista A recebeu 14 votos. Dois deputados municipais do VM não tomaram posse por estarem ausentes no estrangeiro e se estivessem presentes teria provavelmente havido um empate.

O presidente da Assembleia Municipal não é eleito pela população, mas sim pelos seus membros e também pelos presidentes das juntas de freguesia, que têm assento na Assembleia por inerência.

A lista do VM à Assembleia Municipal, liderada por António Curado, foi a mais votada nas eleições autárquicas, totalizando 8411 dos votos dos votos, conseguindo eleger dez deputados, contra oito do PSD e três do PS.

Contudo, os sociais democratas vão ter uma representação maioritária de 17 votos na Assembleia Municipal, após terem vencido as eleições em nove das doze freguesias (A-dos-Francos, Alvorninha, Carvalhal Benfeito, Landal, Nadadouro, Salir de Matos, Santa Catarina, Tornada/Salir do Porto e Vidais), tendo o VM vencido duas (Uniões de Freguesia de Pópulo, Coto e S. Gregório e Santo Onofre e Serra do Bouro) e na Foz do Arelho ganhou um movimento independente (MIFA).

Nesta sessão da Assembleia foi ainda aprovada a constituição da comissão de regimento: Lalanda Ribeiro (PSD), Pedro Marques (PSD), Paulo Espirito Santo (PSD), Jesus Fernandes (VM), Joaquim Duarte (VM), João Gomes (VM), Jaime Neto (PS), Pedro Seixas (PS) e Vânia Almeida (PS) e ainda Fernando Sousa, presidente da Junta da Foz do Arelho (MIFA).

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Caldas venceu dérbi do Oeste

À sexta jornada, o Caldas Sport Clube impôs a primeira derrota ao Torrense, líder da Série B da Liga 3, com 13 pontos, vencendo no passado domingo, por 2-0. Somou o seu terceiro triunfo na competição, registando agora 10 pontos.

caldas1 1

CHO preocupado com saúde mental dos profissionais de saúde durante a pandemia

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) assinalou a 11 de outubro o Dia Mundial da Saúde Mental, com uma conferência sobre “A Saúde Mental dos Profissionais de Saúde em tempos Covid-19”, organizada pelo Centro de Responsabilidade Integrado (CRI) de Psiquiatria e Saúde Mental, que decorreu nas instalações da unidade das Caldas da Rainha.

mental

Atleta caldense participou na corrida que atravessa a ilha da Reunião

O atleta Guilherme Lourenço, de 32 anos, natural de Relvas (Santa Catarina), nas Caldas da Rainha, participou de 21 a 24 de outubro na Diagonale des Fous (Grand Raid) corrida que atravessa a ilha da Reunião e que é conhecida como uma das mais difíceis do mundo.

corrida