Q

Previsão do tempo

12° C
  • Thursday 18° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 18° C
12° C
  • Thursday 18° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 18° C
13° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 18° C


Nicul certifica Gestão da Qualidade e sustentabilidade das madeiras e embalagens de papel

11 de Outubro, 2021

Imagem criada para a divulgação das novas certificações

A qualidade e origem sustentável das madeiras e embalagens de papel da fábrica de cutelarias fundada nas Relvas (freguesia de Santa Catarina), nas Caldas da Rainha, foram reconhecidas com certificados de referência.

A Nicul -Nova Indústria de Cutelarias, Lda, fundada em 1972, passou a ter o seu Sistema de Gestão da Qualidade certificado com a ISO 9001:2015, a norma de sistemas de gestão mais utilizada a nível mundial.

A certificação era um objetivo que já há algum tempo fazia parte dos planos da Nicul, tendo sido incluída no Projeto de Inovação Produtiva e Internacionalização iniciado em abril de 2018, que conta com o apoio de fundos comunitários e prevê um investimento de mais de 1,8 milhões de euros. Para a administração da fábrica de cutelarias, a cargo dos irmãos João e Maria José Ramalho, a norma ISO 9001:2015 representa “uma oportunidade de melhoria”, sendo um importante passo para “acompanhar a evolução e as exigências atuais”.

A apostar cada vez mais na internacionalização, a certificação era um processo que os responsáveis pela empresa dizem ser “uma condição determinante para o acesso a outros mercados em condições muito favoráveis”.

Origem dos materiais salvaguardada

A preocupação com a sustentabilidade ambiental foi também reconhecida pelo Forest Stewardship Council, com a certificação FSC, atribuída à madeira usada nos cabos das facas e às embalagens de papel onde estas são comercializadas.

O selo em forma de árvore que a partir de agora pode ser visto nalguns produtos da Nicul atesta que tanto a empresa como os seus fornecedores fazem uma gestão responsável das florestas de onde provêm as matérias-primas. Para a obtenção de um certificado FSC é preciso cumprir um vasto conjunto de critérios, da sustentabilidade dos recursos e da biodiversidade à salvaguarda dos direitos dos trabalhadores florestais.

“Colaboramos com a preservação das florestas para protegermos as gerações futuras”, garante a administração da empresa, que tem na preservação ambiental e na gestão sustentável dos recursos uma das suas grandes apostas. “Pretendemos alcançar um negócio mais competitivo através do autoconsumo, produzindo a eletricidade a partir da energia solar. Para além disso, construímos um sistema de armazenamento e aproveitamento das águas pluviais com o intuito de a reutilizar no processo produtivo, nomeadamente na fase da amolação”, explicam os responsáveis, acrescentando que “os materiais são reutilizados sempre que possível”.

À preocupação com os benefícios ambientais e sociais, alia-se ainda a convicção de que, tal como a certificação da qualidade, também o certificado FSC ajudará a Nicul a chegar a outros mercados internacionais.

Transformação tecnológica

Estas certificações vêm juntar-se a um conjunto alargado de melhorias e investimentos que a Nicul tem levado a cabo nos últimos anos e que projetam a empresa para o futuro. Um dos próximos passos passa pela informatização do processo produtivo, “de forma a aumentar a eficiência e a produtividade dos processos”. A informatização permitirá o armazenamento de uma grande quantidade de informação, com grande rapidez, possibilitando “que os dados sejam tratados e analisados em tempo real, com mais precisão e mais confiança”, o que facilita a tomada de decisões.

“Estamos empenhados em implementar este conceito tão atual que é o conceito de Indústria 4.0”, afiançam os responsáveis pela Nicul.

Presença na feira Host Milano

No âmbito da aposta na internacionalização, a Nicul regressa este às feiras internacionais, apresentando-se mais uma vez na Host Milano. Entre os dias 22 e 26 de outubro, a ‘Estrela do Corte’ apresenta-se naquela que é considerada a feira de referência para os operadores profissionais dos setores de foodservice e hotelaria.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Pizza Hut abre na entrada sul da cidade

Abriu nesta terça-feira o 99º Pizza Hut em Portugal e o primeiro nas Caldas da Rainha, criando 25 postos de trabalho neste restaurante especializado em pizzas e massas cujo estabelecimento original surgiu nos Estados Unidos da América.

pizza hut1

Caldas venceu dérbi do Oeste

À sexta jornada, o Caldas Sport Clube impôs a primeira derrota ao Torreense, líder da Série B da Liga 3, com 13 pontos, vencendo no passado domingo, por 2-0. Somou o seu terceiro triunfo na competição, registando agora 10 pontos.

caldas1 1