Q

Previsão do tempo

15° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 19° C
15° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 20° C
15° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 20° C

Rui Costa recebido em euforia pelos adeptos do Benfica em Peniche

3 de Outubro, 2021
Rui Costa teve uma receção eufórica no passado sábado em Peniche, onde almoçou com adeptos e sócios do Benfica. O candidato à presidência disse que o clube até pode não ganhar a Liga dos Campeões mas tem de ser ambicioso.
Discurso antes do almoço no restaurante Miramar

Rui Costa teve uma receção eufórica no passado sábado em Peniche, onde almoçou com adeptos e sócios do Benfica. O candidato à presidência disse que o clube até pode não ganhar a Liga dos Campeões mas tem de ser ambicioso.

Foi grande o entusiasmo e a euforia à chegada de Rui Costa à Casa do Benfica em Peniche, onde após fotografias e visita às instalações, o candidato às eleições de 9 de outubro assinou a sua imagem afixada na parede como um dos gloriosos do clube.

Já no restaurante Miramar, onde esteve uma centena de sócios e adeptos, antes do almoço Rui Costa mostrou a sua satisfação. “Esta moldura e demonstração de benfiquismo é algo que me envaidece, deixa cheio de orgulho e faz-me cada vez mais benfiquista”, manifestou.

Frisando que “o pilar principal do meu projeto é estar perto dos adeptos”, elogiou as Casas do Benfica, que “são as grandes embaixadas do clube”.

Rui Costa, que disputa a liderança do Benfica com Francisco Benitez, prometeu que este ato eleitoral será democrático e fez um pedido de união aos adeptos após as eleições.

“Não passo por cima de nada nem de alguém. Tudo o que conquistei na vida foi com o meu esforço e respeitando toda a gente. Todo o processo será democrático, de discussão, todos terão direito a discutir. Espero que a partir do dia 9, o Benfica volte a estar mais unido do que nunca”, declarou.

Com um programa eleitoral de 24 páginas onde aponta prioridades como a criação de um centro de alto rendimento para todas as modalidades, evitando que as dez equipas profissionais estejam espalhadas por Lisboa à procura de pavilhões para competir, o regresso do ciclismo e no futebol equipas altamente competitivas com orçamentos sustentáveis, aproveitamento regular dos jogadores da formação, incentivos para a retenção dos talentos formados no clube e plantéis com o máximo de 25 jogadores, o antigo médio do Benfica quer também as antigas glórias perto dos adeptos: “A proximidade dos ex-jogadores é algo que irei vincar muito. Não significa que se irá dar emprego a toda a gente, mas queremos que as pessoas que amam o clube vejam as antigas referências”, disse.

Aproveitando o bom momento que o futebol do Benfica atravessa, o candidato à presidência afirmou que o clube pode até nem ganhar a Liga dos Campeões mas tem de ser ambicioso.

“Joguei a Champions e sei quanto é difícil países como Portugal, Holanda ou Bélgica, chegarem a uma final europeia. Não venho prometer de uma forma populista que vamos ganhar a Champions. Tenho os pés bem assentes na terra, mas o Benfica tem de lutar por qualquer competição, como fez na quarta-feira (frente ao Barcelona). Temos de ser ambiciosos em termos internacionais e vamos lutar por isso”, garantiu, recebendo o aplauso dos adeptos.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Caldas venceu dérbi do Oeste

À sexta jornada, o Caldas Sport Clube impôs a primeira derrota ao Torreense, líder da Série B da Liga 3, com 13 pontos, vencendo no passado domingo, por 2-0. Somou o seu terceiro triunfo na competição, registando agora 10 pontos.

caldas1 1

Atleta caldense participou na corrida que atravessa a ilha da Reunião

O atleta Guilherme Lourenço, de 32 anos, natural de Relvas (Santa Catarina), nas Caldas da Rainha, participou de 21 a 24 de outubro na Diagonale des Fous (Grand Raid) corrida que atravessa a ilha da Reunião e que é conhecida como uma das mais difíceis do mundo.

corrida