Q

Previsão do tempo

19° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 23° C
19° C
  • Saturday 27° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 23° C
19° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 25° C

Assinado contrato para valorização das plantas do Montejunto

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Teve lugar nas instalações do Centro de Interpretação Ambiental, no Montejunto, a assinatura de um contrato de cooperação entre a Associação de Municípios de Alenquer e Cadaval e o Instituto Politécnico de Castelo Branco para a instalação de uma unidade demonstrativa de plantas aromáticas e medicinais autóctones na Paisagem Protegida da Serra de Montejunto.
Cerimónia de assinatura do contrato de cooperação

Teve lugar nas instalações do Centro de Interpretação Ambiental, no Montejunto, a assinatura de um contrato de cooperação entre a Associação de Municípios de Alenquer e Cadaval e o Instituto Politécnico de Castelo Branco para a instalação de uma unidade demonstrativa de plantas aromáticas e medicinais autóctones na Paisagem Protegida da Serra de Montejunto.

Conforme preconiza o acordo, esta cooperação entre a AMAC – Associação de Municípios de Alenquer e Cadaval e o IPCB – Instituto Politécnico de Castelo Branco irá permitir não só a valorização das espécies autóctones aromáticas e medicinais, como também “potenciar a sustentabilidade económica desta área protegida, desenvolvendo condições para a criação de uma marca própria de produtos derivados das plantas instaladas”.

O projeto a levar a efeito pelo IPCB orça em cerca de 24 mil euros (acrescidos de IVA), suportados pela AMAC, e pressupõe a afetação de uma equipa técnica com conhecimentos específicos e científicos para o seu desenvolvimento.

Das vertentes do projeto a implementar, destacam-se as caraterizações biológica, geológica e biofísica do local, bem como a elaboração de materiais didáticos, designadamente fichas de procedimentos de transplantação e também fichas de produção, valorização e utilização das plantas a instalar, para além dos conteúdos técnico-científicos e layout de placas de identificação.

 O projeto inclui ainda a elaboração de um guia de plantas aromáticas e medicinais da Paisagem Protegida da Serra de Montejunto (PPSM), bem como de um plano estratégico, a executar pela AMAC, para a salvaguarda dos recursos envolventes e em conformidade com os objetivos da área protegida.

António Augusto Fernandes, presidente do IPCB, mostrou-se satisfeito pelo acordo firmado e disponibilizou os serviços académicos da sua tutela para cooperar noutros projetos da AMAC.

Paulo Franco, presidente da AMAC, admitiu a possibilidade de mais colaborações no futuro e considerou os projetos desta índole “diferenciadores e fundamentais para a revitalização e valorização do património natural da PPSM”.

Em representação do Município do Cadaval, estiveram presentes José Bernardo Nunes, presidente da Câmara, e Dinis Duarte, vereador da Câmara e vice-presidente da AMAC.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Novo recorde de maior onda surfada na Praia do Norte

Há um novo recorde mundial de maior onda já surfada na Praia do Norte, na Nazaré, que foi alcançado pelo alemão Sebastian Steudtner, que em 29 de outubro de 2020 atingiu os 26,21 metros, segundo foi anunciado nesta terça-feira pela World Surf League (WSL), organizadora dos Red Bull Big Wave Awards.

onda

Câmara frigorífica convertida em galeria de arte

O Cadaval vai ser palco do inédito evento “Arte no Frio”, iniciativa de Jaime Rodrigues com a colaboração do Município do Cadaval, que consiste num ciclo de exposições de artesanato inusitadamente montadas no interior de uma câmara frigorífica.

frigorifica