Q

Previsão do tempo

22° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 22° C
25° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 27° C
  • Sunday 23° C
23° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 24° C

Vitor Marques é o novo presidente da Câmara das Caldas

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Foi uma noite surpreendente nas Caldas da Rainha. Vitor Marques venceu as eleições autárquicas, recolhendo 9037 votos (40,70%). O líder do movimento independente Vamos Mudar será o novo presidente da Câmara, derrotando Tinta Ferreira, do PSD, que teve 7707 votos (34,71%).
Vitor Marques recebeu abraços de muitos populares que se juntaram na sede do movimento

Foi uma noite surpreendente nas Caldas da Rainha. Vitor Marques venceu as eleições autárquicas, recolhendo 9037 votos (40,70%). O líder do movimento independente Vamos Mudar será o novo presidente da Câmara, derrotando Tinta Ferreira, do PSD, que teve 7707 votos (34,71%).

O movimento Vamos Mudar arrecadou três lugares na Câmara, o PSD alcançou o mesmo número e o PS um.

Na assembleia municipal o Vamos Mudar conseguiu dez deputados, o PSD, oito e o PS três.

Em declarações ao JORNAL DAS CALDAS, Vitor Marques disse que a vitória é resultado de “um trabalho intenso de sete meses”, vincando que “as pessoas acreditaram que o nosso projeto é o melhor para o concelho”. Prometeu “muito trabalho” perante as muitas pessoas que se juntaram no exterior da sede do movimento. Foi notório o carinho dos caldenses por Vitor Marques, que recebeu dezenas de abraços. “Esta nossa candidatura independente é a prova de que podemos mudar o sistema porque a democracia não tem dono”, disse o novo presidente da Câmara, acrescentando que “os caldenses provaram que queriam mudança” num concelho governado pelo PSD desde há 36 anos consecutivos.

Afirmou ainda que “um novo ciclo começa no concelho das Caldas” e garantiu que será “presidente de todos”.

O candidato sustentou que as pessoas reconhecem o trabalho que fez na Junta de Freguesia e todo o trabalho que os elementos da sua equipa fazem nas suas vidas profissionais e associativas e “deram-nos a oportunidade para lutar com toda a força”. Vitor Marques garante que não vai “defraudar aqueles que votaram no movimento” e que vai “representar e dialogar com todos para fazer diferente”.

O vencedor das eleições autárquicas das Caldas revelou que Tinta Ferreira já o felicitou e que “nunca deixou de ser afável”. “Um pouco mais distante como é natural, mas sempre com respeito”, salientou.

Questionado se pondera dar pelouros a vereadores do PSD ou PS, respondeu que “ainda não decidimos nada e que agora é que vamos discutir e falar sobre essa questão”, garantindo que “quero trabalhar com todos”.

Quanto a fazer uma coligação com o PS, Vitor Marques disse que “há oito anos na freguesia não tivemos a maioria e montámos o executivo com quatro elementos do PSD e um elemento do PS, pelo que desde que as pessoas queiram e tenham competências serão sempre mais valias”.  

Na assembleia municipal apesar do movimento ter conseguido mais dois lugares que o PSD, mas depois somando as juntas de freguesia os sociais democratas vão conseguir ter maioria absoluta. “Queremos fazer mais pelo nosso concelho e acredito que se forem boas propostas serão votadas positivamente e é dessa forma que gosto de fazer política”, afirmou.

Quanto à primeira medida que vai tomar depois da tomada de posse, o futuro presidente da Câmara disse que será a “reestruturação organizacional e funcional da autarquia”. “Temos consciência que existem bons profissionais nos serviços do município, mas achamos que requer uma organização diferente e é onde vamos começar a trabalhar e fazer o nosso caminho”, apontou.

Vitor Marques declarou que apesar de ter entrado em rutura com o PSD das Caldas considera que é altura de “união”.

Questionado sobre se acreditava que poderia ganhar as eleições autárquicas, recordou que há dois meses a sua convicção era “ter mais alguns votos que o PSD”. Apesar de ter levado às urnas “algumas pessoas que não costumavam votar”, tinha como ambição diminuir ainda mais abstenção (houve 48,78% de votantes).

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

almeida 3

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

premio 1

Vigília com “abraço” ao hospital das Caldas da Rainha

Uma vigília que terminou com um cordão humano em frente à urgência do hospital das Caldas da Rainha foi a forma encontrada pela população para exigir medidas do Governo para melhorar as condições em que trabalham os profissionais de saúde. O alerta foi feito na noite da passada sexta-feira.

vigilia2