Q

Previsão do tempo

15° C
  • Wednesday 23° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 27° C
15° C
  • Wednesday 23° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 27° C
15° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 30° C

Urgência teve de reencaminhar ambulâncias com doentes críticos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A urgência geral da unidade de Torres Vedras do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) esteve “muito congestionada” nos últimos dias, devido à “elevada afluência de doentes”, revelou a administração, que teve de pedir o reencaminhamento de doentes críticos para outros hospitais.
Urgência geral da unidade de Torres Vedras do Centro Hospitalar do Oeste

A urgência geral da unidade de Torres Vedras do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) esteve “muito congestionada” nos últimos dias, devido à “elevada afluência de doentes”, revelou a administração, que teve de pedir o reencaminhamento de doentes críticos para outros hospitais.

“Este procedimento  salvaguarda o atendimento com celeridade de doentes com situação clínica complexa ou exigente, assegurando que são encaminhados para uma unidade hospitalar com maior capacidade de resposta, numa fase em que as equipas da urgência geral da unidade de Torres Vedras estão sobrecarregadas com os doentes já admitidos”, explicou.

Segundo a administração, a urgência não esteve encerrada por falta de médicos, uma vez que “as equipas médicas de todas as especialidades presentes na Urgência estão completas, cumprindo as dotações previstas pela Ordem dos Médicos”.

A administração assegurou que todos os doentes que se deslocassem pelos seus próprios meios ao hospital eram admitidos e atendidos, estando a urgência “apenas bloqueada” para os transportes de ambulância. A situação foi “normalizada” aquando da alta clínica de doentes.

“O movimento na urgência geral, desde junho, tem sido idêntico ao registado no período pré-pandemia, agravado em 2021 pela existência das Áreas de Atendimento Respiratório (ADR) para a Covid, que têm registado de igual modo elevada procura”, referiu a administração, que apelou aos utentes para utilizarem as urgências hospitalares “apenas em  situações realmente urgentes”.

Esta não é uma situação nova e já se verificou também na unidade das Caldas da Rainha do CHO.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Incêndio consome artigos para famílias carenciadas

Um incêndio em instalações da Paróquia de Peniche, que serviam de espaço de armazenamento de artigos para ajudar famílias carenciadas, consumiu parte dos produtos, entre roupas e alimentos, na tarde desta terça-feira, 4 de outubro.

stella

Requalificação do Museu José Malhoa vai avançar

A cerimónia protocolar de assinatura do auto de consignação da empreitada de requalificação do Museu José Malhoa, da responsabilidade da Direção Regional de Cultura do Centro, tem lugar no dia 6 de outubro, às 15h, no museu caldense.

malhoa

“Outubro Rosa” sensibiliza para o cancro da mama

A Associação Cadaval Solidário e a Comunidade Francesa no Cadaval, com o apoio da Câmara, realizam a 16 de outubro, a partir das 10h, no Parque dos Lápis, a iniciativa “Outubro Rosa”, um dia de sensibilização ao cancro da mama.

lapis