Q

Previsão do tempo

13° C
  • Friday 17° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 27° C
13° C
  • Friday 17° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 27° C
14° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C

Cuidados a ter com a coluna vertebral

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A nossa coluna vertebral é uma estrutura cuja complexidade nem sempre é devidamente valorizada. Frequentemente é “acusada” de ser fonte de dor, não nos permitindo fazer o que pretendemos e da forma que achamos mais conveniente. No entanto, se “pusermos a mão na consciência” seguramente concluímos que parte importante da origem dessas limitações é da nossa responsabilidade.
Eduardo Pegado, ortopedista no Hospital CUF Torres Vedras e Clínica CUF Mafra

A nossa coluna vertebral é uma estrutura cuja complexidade nem sempre é devidamente valorizada. Frequentemente é “acusada” de ser fonte de dor, não nos permitindo fazer o que pretendemos e da forma que achamos mais conveniente. No entanto, se “pusermos a mão na consciência” seguramente concluímos que parte importante da origem dessas limitações é da nossa responsabilidade.

Por isso mesmo, é importante revisitarmos conceitos “esquecidos” e aprendermos a dar mais atenção à nossa coluna vertebral por forma a melhorarmos a qualidade de vida.

O papel da coluna vertebral

A coluna vertebral é um conjunto de estruturas que se relacionam de forma harmoniosa com dois objetivos: sustentar, passiva e ativamente, o nosso corpo e proteger a medula espinhal.

Estruturalmente temos os ossos, conhecidos por vértebras, os discos intervertebrais que as ligam na sua parte anterior, os ligamentos que ligam as vértebras na sua parte posterior e os músculos, muito importantes por serem os estabilizadores ativos por excelência.

Ao todo temos 24 a 25 vértebras mais o sacro e o cóccix, cujas peças vertebrais se encontram fixadas entre si. Distribuem-se por 3 segmentos: cervical (7 a 8 vértebras), torácico/dorsal (12 vértebras) e lombar (5 vértebras). Se observarmos de frente a coluna vertebral deve ter o aspeto de uma reta e, se for vista de lado, é muito importante que existam 4 curvaturas. Duas para a frente, as lordoses cervical e lombar e duas para trás, as cifoses dorsal e sagrada, sem as quais não seria possível termos uma deslocação bípede.

Somos os únicos animais vertebrados à face da terra com esta característica. As exigências biomecânicas variam e, como principal consequência, as vértebras têm formas diferentes. Na coluna cervical a rotação, flexão/extensão e as inclinações. Na coluna dorsal a interação com as costelas e o esterno para criação da caixa torácica onde estão, entre outros órgãos, o coração e os pulmões. Na coluna lombar onde se concentra a maior capacidade de sustentação e na coluna sagrada temos as poderosas ligações com a bacia, chamadas articulações sacro-ilíacas.

Sozinha a componente óssea não conseguiria cumprir a sua quota parte nas funções da coluna vertebral. Precisa do disco intervertebral que através da sua constituição físico-química peculiar com um centro hidratado (núcleo pulposo) qual almofada de água, rodeado por uma cinta impermeável (anulo fibroso) e elástica que o contém, amortece as cargas que se exercem e contribui para a manutenção do alinhamento correto, seja em que posição a coluna vertebral estiver. Chama-se a isto o efeito estabilizador. Para funcionar bem a coluna vertebral tem que estar estável.

Para conseguir este objectivo o disco intervertebral conta com o apoio importantíssimo dos ligamentos e dos músculos. Os primeiros, limitam a amplitude de flexão e extensão, dentro de parâmetros fisiológicos, e são conhecidos por estabilizadores passivos. Os segundos atuam de uma forma diferente, contraindo ou alongando consoante o que é necessário. São chamados estabilizadores ativos.

Dicas para uma coluna vertebral saudável

É importante termos a visão dinâmica da coluna vertebral, assim como não nos esquecermos que é da nossa responsabilidade manter as estruturas acima apresentadas nas melhores condições possíveis. Para tal há que ter em atenção quatro aspectos. Alimentação, exercício físico, postura e respeito.

Através do que comemos e como comemos adquirimos os componentes (proteínas, água, cálcio, magnésio sódio, potássio, etc), que ajudam a manter e desenvolver, as vértebras, o disco intervertebral, os ligamentos e os músculos e, com isso, a estabilidade funcional. Ajudam a controlar o peso corporal, cujo aumento vai implicar maior desgaste.

O exercício físico é essencial para que os estabilizadores ativos, chamados músculos, estejam sempre em condições que permitam uma mobilidade normal.

A postura correta é essencial para que não se ultrapassem os limites compatíveis com uma boa qualidade de vida.

O respeito é acima de tudo a noção de que temos que ser nós os principais interessados no nosso bem estar e, portanto, se não houver um investimento nos cuidados a ter, a doença instala-se com as consequências de todos conhecidas, nos planos, social, familiar e laboral.

Quando procurar ajuda médica

Por vezes, mesmo tomando medidas corretas, podemos ter queixas relacionadas com patologia da coluna vertebral. É importante não protelar a consulta médica em prol da medicação caseira.

Como principais sinais de alerta saliento a existência de:

– dor de instalação súbita ou lentamente, localizada ao pescoço com irradiação aos ombros ou membros superiores

– dor na região dorsal com agravamento com a tosse e os espirros

– dor na região lombar com ou sem irradiação aos membros inferiores (por exemplo a dor ciática), desencadeada pelos esforços, por estarmos parados ou após caminhadas mais ou menos longas.

– o aparecimento de dormências associadas ou não às dores e a falta de força/controle do equilíbrio

Eduardo Pegado, ortopedista no Hospital CUF Torres Vedras e Clínica CUF Mafra

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Peddy paper mostra cidade aos novos alunos da ESAD.CR

Na tarde da passada quarta-feira decorreu um peddy paper organizado pelo grupo académico das Caldas da Rainha pela Academia, para que os novos alunos da ESAD.CR pudessem conhecer melhor os pontos turísticos e importantes da cidade.

peddy paper

Festival de Música Clássica

No dia 1 de outubro tem início o Festival de Música Clássica do Bombarral. Esta organização da Câmara Municipal irá decorrer durante todos os sábados do mês de outubro.

classica

Inaugurado novo campo de basquetebol 3×3

O projeto 3×3 BasketArt continua a chegar a todos os pontos do país e Caldas da Rainha recebeu mais um campo focado na vertente mais urbana da modalidade, instalado no Parque Sol Nascente, na Travessa Pinto Miranda, na União das Freguesias de Caldas da Rainha, Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório.

basket