Q

Previsão do tempo

15° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 18° C
  • Friday 21° C
16° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 21° C
17° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 23° C

Moradores entregam abaixo-assinado para contestar falta de estacionamento

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Moradores na Rua Alberto Nunes Miguel (junto ao recinto da feira semanal e campo de padel) fizeram chegar à Câmara das Caldas da Rainha um abaixo-assinado pedindo que seja revisto o estacionamento, sugerindo uma alternativa.
Os moradores querem na rua dísticos de estacionamento para residentes

Moradores na Rua Alberto Nunes Miguel (junto ao recinto da feira semanal e campo de padel) fizeram chegar à Câmara das Caldas da Rainha um abaixo-assinado pedindo que seja revisto o estacionamento, sugerindo uma alternativa.

Os moradores dirigiram no passado dia 16 um abaixo-assinado à Câmara das Caldas queixando-se da falta de lugares de estacionamento. Os cerca de 40 queixosos que assinaram o documento, em particular residentes nos prédios com os números 72,74,76 e 78, pedem ao executivo da autarquia que “seja revisto o estacionamento na nossa zona de residência”.

Segundo José Augusto, porta-voz do grupo, o pedido “deve-se ao facto de a certas horas não existirem lugares de estacionamento para os moradores e também pelo excesso e abuso de condutores não residenciais que por vezes estacionam em segunda fila bloqueando os veículos estacionados”.

O abaixo-assinado diz que o problema sucede quando “se joga padel, quando há feira semanal (2ª feira), quando ocorre mercado abastecedor e também na data de 15 de agosto, feira do feriado anual”. “Existem regularmente abusos de estacionamento (colocarem carros à frente de outros carros já estacionados), carros a ocuparem dois lugares, estacionamento indevido e até estacionamento em frente a garagens”, descreve o documento.

Os residentes sugerem uma alternativa para os visitantes da rua que é um estacionamento disponível a menos de 50 metros do campo desportivo e do recinto da feira (traseiras da Rua Alberto Nunes Miguel, lado da Rua Dr. Vieira Pereira).

Pedem através do abaixo-assinado “estacionamento exclusivo para moradores, situação já existente na nossa cidade, como também a criação de uma solução para quem visita a nossa rua”. Solicitam ainda “a marcação no solo de lugares de estacionamento”.

O porta-voz do grupo esclarece ao JORNAL DAS CALDAS que é uma petição pacífica e que “não temos nada contra o campo de padel nem do espaço da feira, mas não achamos justo ficar sem estacionamento sempre que chegamos do trabalho para almoçar ou no fim do dia, quando existe estacionamento a 50 metros para os visitantes”.

José Augusto refere-se ainda aos incómodos que alguns veículos causam quando “param em frente das nossas viaturas, quando alguns metros mais adiante há lugares de estacionamento que poderiam usar”. “Um dos acessos ao mercado abastecedor é por esta rua, portanto, muitas pessoas estacionam aqui e depois com o campo de padel há cada vez mais viaturas”, adiantou o queixoso.

“O padel é um jogo coletivo de quatro praticantes e por vezes são seis jogadores e cada um deles traz um carro, depois nós chegamos ao final do dia e não conseguimos estacionar porque os lugares estão todos ocupados”, declarou Tiago Machado, que também é um dos moradores que assinou a petição. O queixoso garante que não tem nada contra o campo, mas “gostava de ver o problema solucionado porque é uma questão de avisar os jogadores e pessoas que vêm à feira que há uma alternativa de estacionamento a 50 metros de distância”. Contudo, admite, “seria mais eficaz aprovar na rua um regulamento com dísticos de estacionamento para residentes”.

Os queixosos solicitam ao executivo da autarquia “o máximo empenho e rapidez para solucionar esta situação”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Caminhada angariou 3900 euros para Liga Portuguesa Contra o Cancro

A caminhada realizada a 19 de maio, nas Caldas da Rainha, no âmbito da iniciativa do Núcleo Regional do Sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro “Corrida Pela Investigação”, angariou 3900 euros para bolsas de investigação científica na área da oncologia.

caminhadaLPC1

População unida num “abraço” para a reabertura da Escola do Coto

O fecho da Escola Primária do Coto no final do ano letivo 2022/2023 “por falta de condições de segurança”, que na altura surpreendeu os pais e alunos, levou no dia 15 de maio dezenas de pessoas a protestarem junto ao estabelecimento de ensino para exigirem o arranque das obras de requalificação e a sua reabertura o mais breve possível.

Escola 1