Q

Previsão do tempo

17° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 21° C
17° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 22° C
18° C
  • Friday 24° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 23° C
Entrevista ao candidato do Bloco de Esquerda

João Paulo Cardoso pretende aproximar a política dos cidadãos

13 de Setembro, 2021
O candidato independente João Paulo Cardoso recandidata-se pelo Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Óbidos nas próximas eleições autárquicas, com intuito de aproximar a política dos cidadãos, bem como “defender a transparência e a participação”. Foi convidado do programa “Especial Autárquicas 2021” da Rádio Mais Oeste (94.2 FM) em colaboração com o JORNAL DAS CALDAS, que decorreu no dia 8 de setembro.
O candidato do BE foi entrevistado pela Rádio Mais Oeste em colaboração com o Jornal das Caldas

Entrevista ao candidato do Bloco de Esquerda

O candidato independente João Paulo Cardoso recandidata-se pelo Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Óbidos nas próximas eleições autárquicas, com intuito de aproximar a política dos cidadãos, bem como “defender a transparência e a participação”. Foi convidado do programa “Especial Autárquicas 2021” da Rádio Mais Oeste (94.2 FM) em colaboração com o JORNAL DAS CALDAS, que decorreu no dia 8 de setembro.

Licenciado em direito e técnico de justiça no Ministério Público de Caldas da Rainha, concelho onde reside, o candidato, que concorre pela segunda vez como independente, aceitou novamente o desafio por considerar que “Óbidos precisa de recuperar a estabilidade e de lutar contra a partidocracia”, propondo-se assim a defender o ambiente e a transparência, promover a igualdade e a qualidade de vida e aproximar a política dos cidadãos.

Nestas eleições, o candidato, que durante o atual mandato tem integrado a Assembleia Municipal e que tem a “noção daquilo que não é feito”, pretende “lutar contra a partidocracia, que infelizmente tem sido o cancro que existe em Portugal, tanto a nível local como nacional”, e as “maiorias absolutas”, bem como criar um gabinete de análise de denúncias dos munícipes, contribuir para a educação cívica, “de uma vez por todas”, e consagrar o direito à oposição, “que não é praticado em Óbidos”.

Para o candidato do BE, “deve ser aplicado o direito de oposição porque as pessoas podem ter abordagens diferentes ou ideias melhores e quem está no poder tem de fazer o exercício do interesse comum”.

João Paulo Cardoso, que ambiciona ser eleito e tornar-se no “fiel da balança”, considera importante haver uma “política local que deve servir para melhorar a qualidade de vida de todos os cidadãos e para bem gerir e preservar o património público, cultural, histórico e ambiental”. “Não vejo em Óbidos a preocupação pelo interesse público e pelo bem comum”, afirmou, adiantando que pretende aproximar a política ao cidadão e aproveitar o capital intelectual e artístico na forma como realizar os eventos e no orçamento participativo.

Outra das bandeiras do programa eleitoral do Bloco é promover empregos de qualidade, fixar novos residentes e acolher visitantes, “sem esquecer, os que já cá estão e que muito fizeram pelo concelho”. A recuperação de aldeias e da cidade romana de Eburobrittium, tornando-as visitáveis, a descentralização dos eventos culturais, podendo alargá-los a outros concelhos do Oeste e privilegiar o turismo em vez do excursionismo, levando a que as pessoas permaneçam em Óbidos, são também propostas apresentadas.

“Óbidos teve turismo de qualidade e é isso que quero que volte a ter”, frisou o candidato.

Defende ainda a isenção da taxa do IMI para atrair novos residentes ao concelho, bem como restituir a totalidade do IRS, a requalificação de espaços verdes e promoção da preservação da biodiversidade com interligação à lagoa de Óbidos, assim como a criação de um gabinete de arqueologia e restauro, e de um centro de interpretação histórico e roteiro turístico no concelho.

O candidato do BE também pretende articular os meios de transporte de Óbidos (OBI) e das Caldas (TOMA) entre os dois concelhos, permitindo assim “uma mobilidade mais eficaz”, e ainda que o concelho seja “um exemplo de sustentabilidade agrícola e florestal”, apoiando assim as práticas mais ecológicas de exploração agrícola.

No que diz respeito à área da saúde, João Paulo Cardoso considera “urgente” que o novo hospital central seja construído o mais próximo possível da autoestrada, não sendo “admissível a perda de tempo que já tivemos”. Relativamente ao ex-libris do concelho, a Lagoa de Óbidos frisou a falta de vontade política para resolver os problemas, defendendo uma reforma estrutural.

O deputado municipal, que “quer lutar pela transparência e participação dos cidadãos”, acredita que, desta vez, poderá chegar à vereação, e que “todas as propostas apresentadas são exequíveis e que não oneram o marasmo público”.

Comentários
.

0 Comentários

Submit a Comment

Artigos Relacionados

Atleta paralímpica Beatriz Monteiro homenageada na escola

A atleta de para badminton Beatriz Monteiro, de 15 anos, que participou nas competições de badminton dos Jogos Paralímpicos Tóquio2020, foi homenageada no seu primeiro dia de aulas, na passada segunda-feira, pelo Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro, nas Caldas da Rainha, como sendo “um bom exemplo a seguir para os restantes alunos”.

homenagem1

“O PS é o único partido que apresenta uma agenda estruturada para desenvolver o país”

Maria do Céu Antunes, ministra da agricultura e secretária nacional do Partido Socialista, acompanhou na passada segunda-feira o candidato do partido no Bombarral, Ricardo Fernandes, numa ação de campanha pelo concelho, tendo destacado que “vamos ganhar e reforçar a nossa maioria absoluta, bem como continuar sob a égide dos valores socialistas a governar este concelho”.

ministra 1

PSD quer “voltar a acreditar que possamos ter um Bombarral melhor”

O candidato do PSD do Bombarral, Nuno Mota, realizou na semana passada uma ação de rua pelo concelho, onde transmitiu a mensagem de que “vamos voltar a acreditar que possamos ter um Bombarral mais e melhor, e por isso propomos estratégicas que abrangem o desenvolvimento económico, a mobilidade, o ambiente e espaços verdes, a ação social e saúde, a educação, cultura e desporto”.

psd bombarral