Q

Previsão do tempo

15° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 22° C
15° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 23° C
16° C
  • Friday 24° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 24° C

Docente recolhe histórias de trabalhadores domésticos e hoteleiros

12 de Setembro, 2021
Intitula-se “Memórias de Servidão” e consiste num site dedicado à disponibilização de histórias de vida de trabalhadoras e trabalhadores domésticos e hoteleiros, contadas a partir das experiências e memórias dos próprios, bem como de imagens e discursos produzidos em torno destas classes profissionais. O projeto é coordenado por Inês Brasão, docente da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM), de Peniche, e investigadora do CiTUR - Centro de Investigação, Desenvolvimento e Inovação em Turismo do Politécnico de Leiria.

Intitula-se “Memórias de Servidão” e consiste num site dedicado à disponibilização de histórias de vida de trabalhadoras e trabalhadores domésticos e hoteleiros, contadas a partir das experiências e memórias dos próprios, bem como de imagens e discursos produzidos em torno destas classes profissionais. O projeto é coordenado por Inês Brasão, docente da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM), de Peniche, e investigadora do CiTUR – Centro de Investigação, Desenvolvimento e Inovação em Turismo do Politécnico de Leiria.

“O principal propósito deste projeto é transformar-se numa plataforma de divulgação e reflexão em torno do trabalho servil doméstico e hoteleiro, centrado numa perspetiva histórica. No nosso país, o sindicato original destes dois tipos de trabalhadores (domésticos e hoteleiros) era comum e a nomenclatura profissional é extremamente similar (cozinheira, empregada de limpeza, governanta, motorista, criado de mesa, etc.). As histórias de vida, recolhidas oralmente, serão devidamente catalogadas e editadas depois de transcritas. Todos os direitos de anonimato serão preservados”, explica Inês Brasão.

O site está aberto à participação de todos, nomeadamente os que quiserem contar a sua história.

A criação do site “Memórias de Servidão” cruza-se diretamente com o percurso letivo e de investigação de Inês Brasão, professora de cursos na área do Turismo e da Gestão Hoteleira há cerca de 20 anos na ESTM. Em 2010, defendeu a sua tese de doutoramento em torno das memórias de trabalho das criadas de servir, no contexto português, que viria a dar origem ao livro editado pela Tinta da China, “O Tempo das Criadas”. Em 2018, lançou o livro “Hotel, os Bastidores”, que se debruça sobre o lado invisível do hotel, justamente o lado dos trabalhadores: aqueles que laboram nos bastidores.

Comentários
.

0 Comentários

Submit a Comment

Artigos Relacionados

Detido por maus tratos e ameaças de morte à companheira

Durante a relação de  26 anos, um homem controlou a companheira, provocando-lhe medo e limitando a sua vida social e familiar. Infligiu-lhe maus tratos verbais, psicológicos, físicos e ameaças de morte com recurso a arma de fogo.

Choque entre camiões e carro faz cinco feridos

Um acidente envolvendo um camião de transporte de lixo, outro camião com resíduos de construção e um carro provocou cinco feridos ligeiros, na Estrada Nacional 247, em Atouguia da Baleia, pelas 08h48 desta terça-feira.

Perguntas sobre hospital

Deputados do PSD do círculo de Leiria questionaram a ministra da saúde sobre o hospital das Caldas da Rainha sobre quando é que estão prontas as obras da urgência, que já duram há três anos.