Q

Previsão do tempo

15° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 28° C
15° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 29° C
16° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 29° C
  • Friday 32° C

Docente recolhe histórias de trabalhadores domésticos e hoteleiros

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Intitula-se “Memórias de Servidão” e consiste num site dedicado à disponibilização de histórias de vida de trabalhadoras e trabalhadores domésticos e hoteleiros, contadas a partir das experiências e memórias dos próprios, bem como de imagens e discursos produzidos em torno destas classes profissionais. O projeto é coordenado por Inês Brasão, docente da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM), de Peniche, e investigadora do CiTUR - Centro de Investigação, Desenvolvimento e Inovação em Turismo do Politécnico de Leiria.

Intitula-se “Memórias de Servidão” e consiste num site dedicado à disponibilização de histórias de vida de trabalhadoras e trabalhadores domésticos e hoteleiros, contadas a partir das experiências e memórias dos próprios, bem como de imagens e discursos produzidos em torno destas classes profissionais. O projeto é coordenado por Inês Brasão, docente da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM), de Peniche, e investigadora do CiTUR – Centro de Investigação, Desenvolvimento e Inovação em Turismo do Politécnico de Leiria.

“O principal propósito deste projeto é transformar-se numa plataforma de divulgação e reflexão em torno do trabalho servil doméstico e hoteleiro, centrado numa perspetiva histórica. No nosso país, o sindicato original destes dois tipos de trabalhadores (domésticos e hoteleiros) era comum e a nomenclatura profissional é extremamente similar (cozinheira, empregada de limpeza, governanta, motorista, criado de mesa, etc.). As histórias de vida, recolhidas oralmente, serão devidamente catalogadas e editadas depois de transcritas. Todos os direitos de anonimato serão preservados”, explica Inês Brasão.

O site está aberto à participação de todos, nomeadamente os que quiserem contar a sua história.

A criação do site “Memórias de Servidão” cruza-se diretamente com o percurso letivo e de investigação de Inês Brasão, professora de cursos na área do Turismo e da Gestão Hoteleira há cerca de 20 anos na ESTM. Em 2010, defendeu a sua tese de doutoramento em torno das memórias de trabalho das criadas de servir, no contexto português, que viria a dar origem ao livro editado pela Tinta da China, “O Tempo das Criadas”. Em 2018, lançou o livro “Hotel, os Bastidores”, que se debruça sobre o lado invisível do hotel, justamente o lado dos trabalhadores: aqueles que laboram nos bastidores.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Novo recorde de maior onda surfada na Praia do Norte

Há um novo recorde mundial de maior onda já surfada na Praia do Norte, na Nazaré, que foi alcançado pelo alemão Sebastian Steudtner, que em 29 de outubro de 2020 atingiu os 26,21 metros, segundo foi anunciado nesta terça-feira pela World Surf League (WSL), organizadora dos Red Bull Big Wave Awards.

onda

Câmara frigorífica convertida em galeria de arte

O Cadaval vai ser palco do inédito evento “Arte no Frio”, iniciativa de Jaime Rodrigues com a colaboração do Município do Cadaval, que consiste num ciclo de exposições de artesanato inusitadamente montadas no interior de uma câmara frigorífica.

frigorifica