Q

Previsão do tempo

10° C
  • Wednesday 10° C
  • Thursday 13° C
  • Friday 14° C
11° C
  • Wednesday 11° C
  • Thursday 13° C
  • Friday 14° C
11° C
  • Wednesday 11° C
  • Thursday 13° C
  • Friday 14° C

Walter Chicharro divulga projetos que quer concretizar na Nazaré

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Walter Chicharro apresentou a sua recandidatura à presidência da Câmara da Nazaré e aponta que nos próximos quatro anos “são muitos os projetos que nos entusiasmam”.
Walter Chicharro apresentou a sua recandidatura à presidência da Câmara da Nazaré

“Um dos problemas crónicos da vila é o estacionamento. Queremos requalificar o mercado, dotando-o de condições e aí construir um parque subterrâneo. Queremos construir um silo automóvel no mercado semanal da Nazaré. Queremos continuar a requalificar ruas do concelho, como a rua Branco Martins ou a Sub vila, o edifício do Forte de S. Miguel Arcanjo, a estrada para o farol, construir uma variante entre o Supermercado Continente e a Praia do Norte, lançar a obra do ascensor da Pederneira, adaptar o edifício da antiga Casa da Câmara ao Tribunal, fazer um trajeto pedonal no Caminho Real, uma nova via de acesso ao sul da Pederneira e ampliar o cemitério”, referiu o candidato do PS.

As freguesias serão outra aposta da candidatura, com requalificação de várias ruas em Valado dos Frades e dos acessos aos terrenos agrícolas.

“Queremos ligar o caminho de ferro de Valado dos Frades ao projeto de Mobilidade Suave com Alcobaça, criar mais estacionamento na vila e um novo espaço infantil no centro, e a criar a praia da Lagoa do Valado e o seu projeto de arborização, o projeto mais marcante”, indicou.

Emprego e diferenciação de produtos são prioridades do próximo mandato, e por isso a aposta na ampliação da Área de Localização Empresarial (ALE) de Valado dos Frades e criar uma startup dedicada ao setor agrícola, uma ALE em Famalicão, e um Centro do Mar, que se dedicará a encontrar novos caminhos para a pesca, surf e outras áreas.

A criação de condições para a fixação de jovens no concelho é a outra prioridade da candidatura, com a disponibilização de lotes de custos controlados em Fanhais, ou a construção com rendas controlados em todo o concelho.

A reestruturação da recolha dos resíduos domésticos, um centro de compostagem, reforço da rede de água e saneamento, uma agenda cultural regular pensada para todo o concelho, um festival de cinema na Pedralva e um festival de cinema de surf, são algumas das promessas da candidatura socialista.

O candidato voltou a falar da dívida que herdou em 2013, quando chegou à presidência da Câmara, para garantir que esta “diminuiu drasticamente” e acusa o PSD, que governou a Câmara durante duas décadas, de responsabilidade pela impossibilidade de ser reduzidos os impostos.

“O valor que nos separa de poder diminuir impostos é o valor da divida que herdámos do PSD”, disse o candidato, criticando, em seguida, os que o acusam de falar sistematicamente na dívida e do passado.

“Como é que podemos deixar de falar do PSD quando a dívida que ocultou obriga os habitantes a pagarem as taxas máximas?”, questionou Walter Chicharro, que apontou que isso “não impediu a atual gestão de controlar e reduzir a dívida, pagar a ALE de Valado dos Frades, construir o Centro de Saúde e construir o Centro Escolar de Famalicão”.

Juntam-se a Walter Chicharro, Manuel Sequeira, Regina Piedade, Orlando Rodrigues, Salvador Formiga para a Câmara, José Ramalhal para a Assembleia Municipal, Rui Amaro para a Junta de Freguesia de Valado dos Frades, João Formiga para a Junta de Freguesia da Nazaré e José Ramalho para a Junta de Freguesia de Famalicão.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Pai e filho julgados por matar rapariga

Inicia-se nesta quarta-feira, 30 de novembro, no Tribunal de Leiria, o julgamento do jovem de 20 anos e do pai, de 46 anos, acusados de estarem envolvidos na morte de Soraia Sousa, de 18 anos, a 3 de outubro do ano passado, no largo junto à estação de caminhos de...

martinganca

Teatro da Rainha recebe apoio de 400 mil euros

O Teatro da Rainha, companhia apoiada pela Câmara Municipal de Caldas da Rainha, estrutura de criação teatral que se assume como um centro dramático — centro de atividades que projeta de modo multidisciplinar tradição e inovação teatrais — obteve no Programa de Apoio Sustentado 2023-2026, da Direcção-Geral das Artes, o apoio máximo para o quadriénio que em 2023 se inicia. Esse apoio, de 400 mil euros, supõe um plano artístico, formativo e de atividades paralelas que se distribui por 14 estruturas no todo nacional.

teatro