Q

Previsão do tempo

27° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 21° C
28° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 21° C
29° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 22° C

2222 quilómetros a correr pelos direitos das crianças

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O atleta João Paulo Félix vai efetuar 2222 quilómetros em 40 dias, na iniciativa que designou de “Volta a Portugal a Correr pelos Direitos da Criança”, iniciada no dia 15 de julho, na Praia da Areia Branca, na Lourinhã, onde terminará a 23 de agosto, depois de também passar pelas Caldas da Rainha.
João Paulo Félix vai cumprir a última etapa entre as Caldas e a Praia da Areia Branca

O maratonista percorre o país nesta aventura, abraçando a causa dos “direitos das crianças e jovens”, numa média de 55 quilómetros diários.

“Este é o maior desafio da minha vida na área da corrida”, reconhece. “Às vezes dão-me conselhos sobre o modo como levo a vida. Dizem-me que com 51 anos podia levar uma vida mais calma, gozar férias, descansar. Respondo que para mim ter sonhos e lutar por eles faz-me sentir vivo. Tenho o compromisso em tentar deixar o mundo um pouco melhor”, manifesta.

“Desempenho a minha atividade profissional na área da infância e juventude e todos os dias lido com situações de crianças que tiveram uma vida difícil. Acredito que quanto mais a sociedade civil estiver informada e envolvida, em conjunto com as diferentes entidades, juntos conseguiremos proporcionar às crianças uma vida mais feliz”, afirma.

Colocando em prática o conceito de cidadania, João Paulo Félix tornou-se, em 2017, no primeiro atleta a correr a Estrada Nacional 2, a maior da Europa e uma das maiores do mundo, ao longo de 14 dias consecutivos, fazendo-o em nome da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla, à qual doou a sua camisola que foi depois leiloada.

Em 2018 correu do Porto a Lisboa, em seis etapas, numa iniciativa que surgiu da parceria com o blogue Claramente Asperger! e que visou a desmistificação do autismo.

Em 2020 cumpriu 1250 quilómetros em 24 etapas, ligando Faro a Lisboa. Correu contra a violência doméstica e Ricardo Bastos, mentor do projeto “Corridas Solidárias”, doou dez cêntimos por cada quilómetro percorrido, tendo a receita revertido a favor de uma instituição que desenvolve trabalho com vítimas de violência doméstica.

Este ano, a Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens associou-se ao atleta, que é natural de Foros de Salvaterra, no concelho de Salvaterra de Magos, e reside em Alenquer.

É feito um apelo para que atletas de norte a sul do país programem os seus treinos para a altura em que João Paulo Félix passar pelas respetivas zonas e o acompanhem durante algum tempo. Os horários podem ser vistos na página J.P.Félix Atleta, no Facebook.

É ali que diariamente vai colocando os pontos que constam da Declaração dos Direitos das Crianças, acompanhados com um desenho enviado por várias crianças de diferentes escolas e localidades, para além de ao final da tarde fazer um resumo do dia.

Acordar às cinco da manhã e começar a correr às seis e meia, é a rotina programada para estes 40 dias. Conta com o apoio logístico de alguns voluntários, e preparou-se para o calor, o cansaço físico e psicológico. “Quando as pernas começarem a fraquejar vou correr muitos quilómetros com o coração. Correr pelos direitos das crianças dar-me-á força”, diz.

Aurora Cunha, vencedora de três campeonatos de mundo de estrada, das quatro maratonas mais importantes do mundo e finalista olímpica, é a madrinha desta iniciativa.

A “Volta a Portugal a Correr” mereceu o elogio de José Ramos-Horta, ex-presidente da República Democrática de Timor-Leste e laureado com o Prémio Nobel da Paz em 1996.

Na etapa 38, a 21 de agosto, João Paulo Félix parte de Leiria para a Nazaré, no dia seguinte faz o percurso da Nazaré às Caldas da Rainha e no último dia, a 23 de agosto, inicia nas Caldas da Rainha para terminar na Praia da Areia Branca.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

almeida 3

Novo recorde de maior onda surfada na Praia do Norte

Há um novo recorde mundial de maior onda já surfada na Praia do Norte, na Nazaré, que foi alcançado pelo alemão Sebastian Steudtner, que em 29 de outubro de 2020 atingiu os 26,21 metros, segundo foi anunciado nesta terça-feira pela World Surf League (WSL), organizadora dos Red Bull Big Wave Awards.

onda