Q

Previsão do tempo

21° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 20° C
21° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 21° C
23° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 22° C

Árbitro ganha indemnização e doa valor aos bombeiros de Peniche

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O ex-presidente do Vitória de Setúbal, Vítor Hugo Valente, foi condenado a pagar uma indemnização ao árbitro de Peniche, Fábio Veríssimo, por ofensa à integridade moral e honra, tendo a quantia sido doada pelo juiz da Associação de Futebol de Leiria à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Peniche.

O ex-dirigente, quando ainda era presidente, após derrota por 0-3 num jogo recheado de polémica no Bonfim, na época 18/19da Liga Nos, entre o Vitória de Setúbal e o Boavista, com três expulsões para o lado dos sadinos, proferiu à imprensa palavras consideradas injuriosas sobre o árbitro, que instaurou um processo no Tribunal de Setúbal. O desfecho foi o pagamento de uma indemnização e um pedido de desculpas público. Vítor Hugo Valente teve de pagar uma publicação na imprensa onde apresenta as suas desculpas ao árbitro “porquanto não houve intenção de ofender a honra”. Mais rápida foi a conclusão do processo instaurado pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, que na altura aplicou uma multa de 5740 euros e a suspensão por 45 dias. Fábio Veríssimo nunca desistiu da defesa da sua honra e integridade. “Discordar de decisões técnicas é uma coisa, outra coisa é colocar a nossa honra em causa. É necessário ter mais ética, respeito e fair-play”, manifestou, citado pela Associação Profissional de Árbitros de Futebol (APAF), que revelou a sentença. “O respeito deve estar sempre em primeiro plano. A ambição da vitória ou a frustração da derrota nunca deverão sobrepor-se aos valores humanos nem ao desportivismo”, sustentou Fábio Veríssimo, que escolheu os Bombeiros Voluntários de Peniche para doar a indemnização, porque “além de estar a ajudar uma entidade importante” da sua terra e que “necessita sempre da nossa ajuda e normalmente só nos lembramos deles quando precisamos”, é, para o árbitro, “um privilégio poder ajudar e transformar uma má ação num gesto solidário”. A APAF acompanhou desde o início o processo e o presidente Luciano Gonçalves afirmou que “estas iniciativas são de louvar pois demonstram que o único interesse é apenas condenar a atitude”, reforçando que a APAF “apoia juridicamente todos os árbitros que veem a sua seriedade e honorabilidade posta em causa”. O valor de indemnização não foi revelado.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Caixa Agrícola de Bombarral celebrou 113 anos

Fundada a 8 de abril de 1911, e tendo iniciado a atividade a 20 de junho desse ano, a Caixa Agrícola de Bombarral (Caixa de Crédito Agrícola Mútuo - CCAM) completou 113 anos ao serviço do concelho, da região e do setor cooperativo em Portugal.

caixa1

Caldense no top 12 do concurso Miss Portugal

Érica Batim Moreira representou Caldas da Rainha no concurso Miss Portugal 2024, destacando-se ao ser selecionada para o top 12, onde estavam concorrentes de Amarante, Ourém, Viana do Castelo, Vizela, Oliveira do Bairro, Sintra, Paços de Ferreira, Ponta Delgada, Seixal, Vila Nova de Cerveira e Seia.

batim site 1