Q

Previsão do tempo

8° C
  • Monday 10° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
8° C
  • Monday 10° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
8° C
  • Monday 10° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 14° C

Greve Climática das Caldas da Rainha queixa-se de perseguição política

Mariana Martinho

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Os jovens da Greve Climática Estudantil (GCE) Caldas da Rainha mostram-se indignados por terem sido notificados pela Câmara Municipal das Caldas da Rainha relativamente ao mural do movimento apresentado em abril, na Avenida 1o de Maio, no 31A, com o intuito de exigir a requalificação da linha ferroviária do Oeste.
O mural pintado pela Greve Climática Estudantil pode originar uma coima da Câmara

A iniciativa, que teve como intuito “a luta por justiça climática”, foi uma das soluções criativas encontradas pelo movimento para colocar o tema da crise climática no centro da agenda pública e mediática. “Foi neste espírito que pintámos um mural colaborativo, que teve a concordância do proprietário, que viu justiça na exigência política”, explicou o movimento.

Contudo, a GCE foi agora notificada pela autarquia das Caldas de que poderia incidir uma coima de elevado valor financeiro devido às normas urbanísticas e paisagísticas, ficando, assim, a imagem a depender da aprovação da Câmara.

“A acusação de que a obra não configura uma mera mensagem de propaganda, mas a alteração da fachada de um prédio, que se encontrava bastante degradada, é para o presidente grave o suficiente para ameaçar coimar o proprietário com uma prontidão imensa”, sublinhou a GCR, adiantando que “não parece haver a mesma urgência e disponibilidade para responder à crise de mobilidade que há no Oeste, pelo contrário, há proatividade para coimar mensagens que exigem a resposta a esta crise”.

Igualmente apontou que o muro encontrava-se marcado com imagens que feriam suscetibilidades relativas ao pudor público.

“No entanto, no que diz respeito a estas marcas, o proprietário não terá sido advertido, notificado ou multado. Apenas quando o muro foi alterado para apresentar uma mensagem política e reivindicativa relativa a um problema crónico da região pareceu haver um problema relativo à alteração da fachada”, frisou a GCE, adiantando que “chegámos à conclusão, então, que há uma índole política na notificação efetuada”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Homenagem a Luís “Bicau”

A Oeste Rescue, associação de nadadores salvadores, prestou na tarde do passado sábado homenagem ao Luís Alberto, conhecido por “Bicau”, de 44 anos, que há dias foi encontrado morto nas imediações da Lagoa de Óbidos.

bicau

Voto antecipado na Expoeste

O voto antecipado realiza-se a 23 de janeiro, no Pavilhão da Expoeste, pela facilidade de estacionamento e, caso necessário, permitirá que os eleitores aguardem no interior do edifício.

expoeste

Museu Nacional Resistência e Liberdade arranca em fevereiro

Tem início em fevereiro a empreitada com vista à instalação do Museu Nacional Resistência e Liberdade na Fortaleza de Peniche, devendo a mesma estar concluída no primeiro trimestre de 2023, de modo a que possa ser inaugurado a 25 de abril de 2023, um ano antes das comemorações do 50º aniversário da Revolução dos Cravos.

museu