Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 21° C
17° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 21° C
17° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 22° C

Cooperativa Agrícola do Bombarral internacionaliza-se e melhora instalações

Mariana Martinho
20 de Abril, 2021
Gonçalo Henriques Daniel, presidente da direção da Cooperativa Agrícola do Bombarral (CAB), que foi fundada há cerca de 55 anos, revelou a existência de projetos de lançamento da internacionalização e de um plano de melhorias das instalações para garantir maiores níveis de certificação, qualidade e segurança alimentar dos produtos.

Com sede no Largo 25 de Abril e armazém e central fruteira na localidade do Cintrão, a CAB foi criada para “a vida associativa rural, com intuito de arranjar melhores soluções para os produtores ao nível do comércio dos seus excedentes e aquisição de adubos e fitofármacos mais baratos para eles”, sublinhou o atual responsável pela cooperativa.

Esta “casa sólida”, que é constituída por 200 cooperadores e 18 funcionários fixos, tem “tentado prestar aos seus cooperadores serviços tão diversos como a venda de fatores de produção e equipamentos agrícolas, bem como o apoio na produção, armazenamento e comercialização de frutas, tendo como objetivo principal praticar preços justos”.

“Aliás, desde que entrei para a cooperativa, o meu principal foco é tentar pagar o máximo pela fruta aos produtores, e fazer com que eles paguem o mínimo possível pela produção”, destacou o atual presidente da CAB, adiantando que vai continuar a lutar por isso.

Para Gonçalo Daniel “tem sido, sem dúvida, um desafio interessante e gratificante, pois a direção com o apoio dos colaboradores tem desenvolvido um bom trabalho e estamos a tentar reativar um pouco a cooperativa”.

Face a isso, “a equipa tem trabalhado bastante com alguns projetos de lançamento da internacionalização, melhorias das instalações para garantir maiores níveis de certificação, qualidade e segurança alimentar no produto final”.

Em relação às melhorias, Gonçalo Daniel disse que “este é um projeto para ser desenvolvido aos longo de quatro a cinco anos, que passa por aumentar e melhorar a sala de embalamento, melhorar o sistema de calibragem, construir mais uma camara frigorífica, que foi concluída este mês, destinada acolher produtos já embalados, e fazer alterações nos telhados da estrutura”.

O facto de terem começado pela fase final do projeto de requalificação, segundo o responsável, teve como “objetivo com a necessidade que tínhamos de criar um circuito da pera único”.

Apesar disso, “este é um investimento que vai ser feito por fases, mas que tem de ser feito para continuar a melhorar, aumentar as vendas e as certificações dos nossos produtos, e ainda aumentar a rentabilidade e eficiência do espaço para conseguir embalar mais e mais rápido”, e que terá “um custo de meio milhão por ano”.

Além disso a cooperativa vai continuar apostar na exportação de uma parte da produção para os mercados internacionais, principalmente para França, Marrocos, Irlanda, Inglaterra, Brasil e outros, e na participação em projetos como o RochaCenter – Centro de Pós-Colheita e Tecnologia, e a criação de uma nova marca.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

PS assume presidência da Câmara e PSD lidera Assembleia Municipal

O socialista Ricardo Fernandes tomou posse na passada sexta-feira de mais um mandato como presidente da Câmara Municipal do Bombarral, durante a cerimónia de instalação dos órgãos municipais para 2021-2025. Na sessão, no Teatro Eduardo Brazão, foi eleito o presidente da Assembleia Municipal, que passou a ser Élio Leal, do PSD.

tomada bombarral1 1

Atribuição de 75 bolsas de estudo nas Caldas

Decorre até 12 de novembro o prazo para apresentação das candidaturas para atribuição de 75 bolsas de estudo, no valor unitário de 800 euros, relativas ao ano letivo 2021/2022, destinadas a alunos oriundos de agregados familiares carenciados que pretendam prosseguir estudos em estabelecimentos de ensino superior sediados fora do concelho das Caldas da Rainha.

pexels stanley morales 3186386

Clube de Leitura presencial

A Biblioteca Municipal das Caldas da Rainha acolhe a realização do Clube de Leitura em formato presencial, organizado pelas leitoras Marta Ambrósio e Elisa Santos, no dia 30 de outubro, pelas 15h00.