Q

Previsão do tempo

14° C
  • Sunday 15° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 13° C
15° C
  • Sunday 15° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 13° C
15° C
  • Sunday 15° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 13° C

Conselho da Cidade realiza debate para combater pobreza

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A presidente do Conselho da Cidade - Associação para a Cidadania, Ana Costa Leal, disse que se espera “uma crise mais acentuada com o fim das moratórias” e pretende “preparar uma resposta mais eficaz com todas as entidades da linha da frente”, para fazer face “às dificuldades que se avizinham”. Com o objetivo de melhorar a articulação entre a rede social do concelho das Caldas da Rainha no combate à pobreza, o Conselho da Cidade vai realizar a 5 de maio, pelas 21h00, um debate, no auditório da Expoeste.

Ana Costa Leal fará a abertura com uma intervenção sobre a pobreza nas Caldas da Rainha.

Marina Ximenes, também elemento do Conselho da Cidade, irá abordar o tema “Quem está na Linha da Frente?”.

Caberá a Célia Roque, diretora do Centro de Emprego Oeste Norte, falar sobre o emprego enquanto pilar para a inclusão social.

O convidado Edmundo Martinho, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, irá fazer uma intervenção sobre as estratégias de combate à pobreza e inclusão social e caberá a António Curado, presidente da mesa da assembleia do Conselho da Cidade, fazer o encerramento do debate.

“Pretende ser um espaço de encontro no combate à pobreza e exclusão social e conhecer a realidade das Caldas, tendo na plateia representantes das entidades que estão na linha da frente no combate à pobreza. Ao verificar que existe de uma maneira geral uma apreensão por parte das entidades de solidariedade social do aumento de pessoas a bater à porta com necessidades, é fundamental haver um cruzamento de dados para perceber quem precisa, quem está a repetir os pedidos e quem precisa e não pede, para que se encontrem novas soluções”, apontou a presidente do Conselho da Cidade.

Ana Leal sublinha que a ideia “não é criticar, mas sim dar o nosso contributo de cidadania no sentido ajudar nas preocupações das instituições de solidariedade social para superar desafios da pandemia e fortalecer o setor”.

No debate o Conselho da Cidade vai apresentar as conclusões de um inquérito composto por 14 questões que foi respondido por mais de 20 centros sociais e paroquiais, instituições particulares de solidariedade social, associações e movimentos de ajuda aos mais carenciados do concelho das Caldas da Rainha.

“Com o objetivo de conhecer a realidade enviámos questionários com várias questões, como por exemplo a proveniência dos bens, como é que os utentes lá chegam, que tipo de utentes é que têm e se há cruzamento de dados e se há uma entidade coordenadora que faça esse cruzamento”, explicou Marina Ximenes.

“Queremos contribuir para a construção de uma rede social no concelho das Caldas mais inovadora, colaborativa e estratégica”, adiantou, afirmando que “é fundamental a pessoa necessitada saber onde se pode dirigir para pedir ajuda”.

Segundo Ana Costa Leal, o Banco Alimentar do Oeste é o grande pilar da distribuição dos alimentos às instituições, que têm de fornecer periodicamente listas atualizadas dos beneficiados. No concelho das Caldas são apoiadas cerca de três mil pessoas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Faleceu o empresário André Nogueira

Faleceu André Nogueira, empresário do ramo da ourivesaria e antigo presidente da associação comercial nas Caldas da Rainha, função que desempenhou durante dois mandatos.

andre

Açaí Strong consolida negócio no La Vie

Carina França e Leandro José vieram de Santa Catarina, Brasil, diretamente para as Caldas da Rainha e montaram o Açaí Strong. O negócio tem uma classificação de 99% na Glovo. Os clientes falam deste produto como “incomparável”. Mas como é que tudo começou?

acai

1.º aniversário da Biblioteca do Reguengo da Parada

Um ano depois de ter sido inaugurada, a Biblioteca do Reguengo da Parada continua a promover a leitura e o amor pelos livros e pela criatividade junto dos mais pequenos e dos mais graúdos.