Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 21° C
17° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 21° C
17° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 22° C

GNR deteta descarga ilegal de efluentes pecuários

Francisco Gomes
14 de Abril, 2021
O Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Caldas da Rainha da GNR detetou no dia 11 de abril uma descarga ilegal de efluentes pecuários, no Vimeiro, no concelho de Alcobaça.
Poluição no Vimeiro proveniente de exploração agropecuária

No decorrer de uma ação de patrulhamento direcionada para a prevenção e deteção de alterações às caraterísticas dos recursos hídricos, os elementos do NPA constataram a descarga proveniente de uma exploração agropecuária a escorrer livremente para o solo sem qualquer tipo de mecanismo que assegurasse a sua depuração.

No seguimento das diligências constatou-se que a descarga posteriormente introduzia-se na linha de água, num afluente do Rio Baça, através de um tubo de inox.

Desta ação resultou a elaboração de um auto de contraordenação ambiental por descarga de efluentes pecuários diretamente para o solo e para a linha de água, punível com uma coima que pode ascender aos 144 mil euros, tendo sido remetido para a Agência Portuguesa do Ambiente.

Entretanto, outra situação foi relatada por moradores e agricultores na localidade de Maiorga, no concelho de Alcobaça, que denunciaram à GNR a existência de efluentes a escorrer diretamente para o rio e para o solo, oriundos de uma manilha encoberta numa linha de água afluente do rio Alcoa.

“O caso decorre constantemente ao longo dos últimos anos e ainda na semana passada se repetiu com uma grande descarga de resíduos para o curso da água. O odor intenso, bem como a propagação de insetos, como mosquitos é extremamente desagradável, tanto para os moradores, como para os diversos agricultores da região. A quantidade de lamas que se acumulam na linha de água impossibilita neste momento o uso da mesma para rega das culturas”, queixaram-se.

“Este crime, que se repete com muita frequência, ocorre sobretudo em dias de chuva, que ajudam a ocultar as descargas neste afluente do rio Alcoa, que desagua no Atlântico, perto da Nazaré”, indicaram.

Segundo Sérgio Rocha, presidente da junta de freguesia da Maiorga, a situação deve-se a “avarias sucessivas” numa estação elevatória no Casalinho, na União das Freguesias de Coz, Alpedriz e Montes, que transporta esgotos provenientes da Zona Industrial do Casal da Areia.

“Os serviços municipalizados de Alcobaça comprometeram-se a fazer a limpeza das valas e estão a tentar resolver o problema das avarias”, disse o autarca.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Detido na Foz do Arelho por tráfico de droga

Um homem de 27 anos foi detido na Foz do Arelho na passada quarta-feira por tráfico de estupefacientes. No decorrer de uma ação de patrulhamento da GNR das Caldas da Rainha, com o reforço dos postos de São Martinho do Porto e do Bombarral, os militares depararam-se...

246347459 2428007130663237 4279653524251237677 n

Dupla fez roubo em supermercado e foi apanhada a assaltar restaurante

Dois jovens foram imobilizados por clientes quando tentavam assaltar um restaurante em Casais do Baleal, no concelho de Peniche, na noite de passada quinta-feira, depois de terem levado 290 euros de um supermercado na Foz do Arelho, sob ameaça de arma de fogo. Presentes a tribunal, foram deixados em liberdade com apresentações semanais às autoridades policiais, enquanto decorre o processo judicial.

assalto