Q

Previsão do tempo

21° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 26° C
  • Saturday 27° C
20° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 26° C
  • Saturday 28° C
21° C
  • Thursday 23° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 30° C

Poesia regressa ao Teatro da Rainha

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A poesia no Teatro da Rainha está de volta, com sessão dupla em abril e dois convidados, no âmbito da iniciativa Diga 33.
Rita Taborda Duarte

No dia 20, pelas 20h30, na Sala-Estúdio do Teatro da Rainha, nas Caldas da Rainha, é recebida Rita Taborda Duarte, licenciada em Línguas e Literaturas Modernas e que fez mestrado em Teoria da Literatura.

Produziu crítica literária no suplemento do jornal Público, nas revistas Relâmpago e Colóquio-Letras. Com uma bolsa de criação literária do Ministério da Cultura dedicou-se à escrita de “Na Estranha Casa de um Outro: Esboço de uma Biografia Poética”. Tem vasta obra publicada no domínio da literatura infantil, assim como alguma ficção distribuída por antologias.

Em 2007, em colaboração com o filósofo André Barata, publicou “Experiências Descritivas: Dos sentidos das coisas/Círculos”. Entre as suas obras de poesia mais recentes contam-se “Roturas e Ligamentos” e “As Orelhas de Karenin”, ambas publicadas pela editora Abysmo em 2015 e 2019. É professora adjunta convidada na Escola Superior de Comunicação Social.

No dia 27 de abril, pelas 20h30, o convidado é Adolfo Luxúria Canibal. Adolfo de Macedo (nome de baptismo) é advogado, músico e poeta.

Conhecido principalmente como vocalista da banda Mão Morta, manteve desde cedo uma relação de proximidade com a literatura que acabou a transportar para o universo musical. É exemplo disso mesmo o espetáculo montado em torno da obra do dramaturgo alemão Heiner Müller, o qual resultou no álbum “Müller no Hotel Hessischer Hof” (1997), dos Mão Morta, ou o livro-CD “Estilhaços e Cesariny” (Assírio & Alvim, 2012), que mistura poemas seus com outros de Mário Cesariny.

Reuniu recentemente grande parte da sua produção poética no livro “No rasto dos duendes eléctricos (Poesia 1978-2018)”. É ainda autor de ensaios diversos, nos domínios da música, da ecologia e não só, e alguma ficção. Além de breves aparições como actor, montou vários espectáculos performativos e de “spoken word”.

Serão lidos poemas dos convidados, entre outros.

A conversa moderada por Henrique Fialho estará aberta à participação do público, com lotação reduzida e entradas condicionadas aos lugares disponíveis. A reserva de lugar é obrigatória pelo tel. 262823302.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Exposição Álefe em Ferrel

Na galeria da Associação Cultural Rabeca, no Largo Dr. Manuel Pedrosa, em Ferrel, no concelho de Peniche, vai ser inaugurada a exposição Álefe, com pinturas e aguarelas de António Teodoro.

alefe

Freguesias levam cultura ao Folio

No âmbito do Folio - Festival Literário Internacional de Óbidos as sete freguesias do concelho de Óbidos fazem-se representar com iniciativas, como lançamento de livros, música, poesia, tertúlias, exposições, instalações, teatro, entre outras. Eventos inseridos no "Dia da Freguesia" - Folio Educa.

folio