Q

Previsão do tempo

11° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 19° C
11° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 19° C
11° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 24° C
  • Thursday 20° C
Histórias do Termalismo

6. Banhos Populares

Jorge Mangorrinha

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Marta Frazão é arquiteta e doutoranda na Universidade de Évora sob a minha coorientação. O projeto de investigação situa-se no estudo de escalas e variantes formais e culturais do património termal português, especificamente nos chamados “banhos populares”, ou informais, de que são exemplo, nesta região, os banhos da Quinta das Janelas, como antítese do termalismo científico e sem enquadramento regulamentar, mas passíveis de desenvolvimento, com regras, desde que a água mineral natural se apresente em condições e seja legalizada.

A doutoranda estuda, em primeiro lugar e na perspetiva da arquitetura, o conhecimento sobre as diversas formas de organização da prática termal, cuja diversidade de tipos e modelos nos oferece um amplo e profícuo campo de análise e reflexão sobre a particular cultura de redenção pelas águas, em todas as suas escalas, formas e expressões culturais.

A significativa concentração de lugares de vocação termal identificados em território português e a diversidade de tipos que se sobrepõem na época contemporânea sugerem uma abordagem de carácter taxonómico, capaz de favorecer uma leitura panótica e ao mesmo tempo sistemática sobre este património singular (histórico, arquitetónico e sociocultural) que emerge a partir dos benefícios da água, de que os “banhos populares” se integram.

Considerando, previamente, três tipos de organização (estância, balneário e “banhos populares”), que se apresentam em complexas e eruditas formas de organização do espaço termal ou em rudimentares formas de prática termal, procura-se empreender a reflexão a partir de uma metodologia que tem como base discursiva a comparação – simultaneamente teórica, empírica e dedutiva –, que cruza os três modelos selecionados com três pressupostos de análise.

1. Organização do Espaço e das Estruturas Edificatórias

2. Território e Paisagem

3. O Homem e a Água

O estudo pretende consolidar, através das suas conclusões, a hipótese de que os exemplos refletem a importância da água na fixação e sustentação de amplos processos sociais e culturais, constituindo-se como património de inegável interesse material e imaterial em território português e com singularidades à escala internacional, que importa valorizar e dinamizar.

A propósito, a Quinta das Janelas (Quinta dos Freires, Casal dos Mosqueiros ou Quinta das Gaeiras) pertenceu à família Freire de Andrade. No último quartel do século XIX passou para a família Gama, iniciando-se então, a par da exploração agrícola, a exploração mineira e o tratamento industrial de gesso existente nesta propriedade com mais de 200 hectares.

Presentemente, pertence à Associação Portuguesa das Farmácias. O balneário é uma construção de 7×7 m, o espaço interior é dividido em duas partes iguais, cada uma com tanque de banhos e sala de espera e abafo.

Esta disposição leva a crer o uso com divisão por sexos. Mais recentemente, um dos tanques destinava-se aos proprietários e aos outros utilizadores, destacando-se entre estes os operários da fábrica de gesso. Os pobres da região também eram utentes, sob autorização dos antigos proprietários, conferindo o aspeto popular a estes banhos, atualmente degradados.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Exposição “O verdadeiro lado da manta”

É inaugurada no dia 1 de abril, às 18h, no Centro de Artes das Caldas da Rainha, a exposição “O verdadeiro lado da manta (debaixo da nespereira)”, de Antónia Labaredas, Filipe Feijão, Fernando Travassos, Miguel Ângelo Marques, Rubene Palma Ramos, Vanda Madureira e...

Escolas caldenses com deputados no Parlamento dos Jovens

Foram eleitas as escolas e alunos do ensino secundário que farão de deputados em representação do círculo eleitoral de Leiria na sessão nacional do Programa Parlamento dos Jovens, na Assembleia da República, nos dias 29 e 30 de maio. Entre os representantes estão...

parlamento

Páscoa divertida no La Vie

O La Vie Caldas da Rainha preparou diversão nesta páscoa para a pequena, que de 6 a 9 de abril vai poder divertir-se na Quinta da Alegria.  Ali as crianças poderão brincar ao faz de conta como se fossem donos de uma quinta rural e também participar em ateliês...