Q

Previsão do tempo

7° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 14° C
7° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 14° C
7° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 14° C

Venda de pão e sopas ajuda a pagar despesas na Areco

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A direção e um grupo de voluntários da Associação Recreativa e Cultural do Coto (Areco), nas Caldas da Rainha, não deixaram que a Covid-19 impedisse por completo a sua atividade. Com o bar e o salão fechados e os eventos suspensos, resolveram meter mãos à obra para angariar algumas verbas, necessárias para despesas fixas, como eletricidade, pagamento de seguros e impostos, entre outras.
Aos domingos há uma grande variedade de pão

Aprenderam a fazer pão e todos os domingos, a partir das seis da manhã, produzem uma grande variedade, colocada à venda ao postigo para take-away.

“Tínhamos de arranjar algo que permitisse a associação subsistir e colmatar as despesas que temos”, contou Ana Arroja, da direção da Areco, adiantando que “toda a parte do marketing que temos feito tem chamado mais clientes e feito com que tenhamos de aumentar as quantidades e todas as semanas fazemos mais”.

Para além do pão (com chouriço, com torresmos, com passas, com chocolate, broa de milho, pão grande, merendeiras e pão de leite), dos croissants, das arrufadas, dos donuts e dos caracóis de canela, há também sopas à venda e a direção sublinha que foi a forma de contornar as dificuldades causadas pela pandemia.

“Nesta fase em que não podemos ter bar aberto, nem a realização de almoços e jantares é permitida, aproveitamos este tipo de venda ao postigo, que é a única forma de receita que temos neste momento”, relatou Fernando Branco, presidente da Areco.

A coletividade aguarda a data em que possa retomar o funcionamento com o bar, restaurante e outras iniciativas. “Assim que nos for permitido vamos voltar a abrir com as nossas atividades, porque vivíamos delas”, sublinhou.

Por agora no comércio ao postigo são cumpridas as medidas de prevenção, com utilização de álcool gel desinfetante e venda à vez, para além das distâncias de segurança e um amplo espaço que evita ajuntamentos.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Vamos Mudar critica utilização da ampliação da Urgência do Hospital

O movimento cívico independente Vamos Mudar (VM), que lidera a Câmara Municipal das Caldas da Rainha, lamenta e desconhece as razões pelas quais as obras de ampliação do Serviço de Urgência do Hospital das Caldas “não estão a ser ainda amplamente aproveitadas”. O VM questiona se é por “falta de acabamentos, de equipamentos ou de recursos humanos”.

vm 2

Mercado de Santana foi palco do início de campanha do CDS com o líder

A campanha para as eleições legislativas começou para o CDS no concelho das Caldas da Rainha, mais propriamente no Mercado de Santana, em Alvorninha, no passado domingo, com a presença do líder do partido, Francisco Rodrigues dos Santos, acompanhado dos cabeças de lista por Leiria e Santarém, António Galvão Lucas e Pedro Melo, respetivamente, para além de outras figuras, como o candidato em nº4 por Leiria, Paulo Pessoa de Carvalho, que nas últimas autárquicas liderou a coligação na qual constava o CDS, que concorreu à Câmara das Caldas.

cds

Homenagem a Luís “Bicau”

A Oeste Rescue, associação de nadadores salvadores, prestou na tarde do passado sábado homenagem ao Luís Alberto, conhecido por “Bicau”, de 44 anos, que há dias foi encontrado morto nas imediações da Lagoa de Óbidos.

bicau