Q

Previsão do tempo

22° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 22° C
21° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 27° C
  • Sunday 23° C
22° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 24° C
Pensar à Esquerda

Manter o espírito do 16 de Março

Manuel Martins Coordenador da JS/Caldas

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A 16 de março de 1974 saíam do Regimento de Infantaria 5, nas Caldas da Rainha, 200 homens comandados pelo major Armando Marques Ramos. Objetivo? Derrubar Marcelo Caetano.

Pouco coordenados, viram-se isolados a caminho de Lisboa, com as restantes unidades a permanecerem nos quartéis. Voltaram para as Caldas e acabaram levados para a Casa de Reclusão da Trafaria.

Pouco reconhecido pela História, o Levantamento das Caldas é frequentemente retratado como um ensaio da Revolução de Abril (uma teleologia discutível, mas este não é o espaço adequado para essa discussão historiográfica).

Feita a curta homenagem à nossa Revolta, talvez seja benéfico refletir um pouco sobre ela.

Estamos, como se sabe, em ano de eleições autárquicas que, apesar de toda a nossa situação atípica, quase certamente não serão adiadas. Localizadas e particularistas, não atraem, na sua maioria, grandes reflexos e debates ideológicos sobre aquilo que representam e significam. São o ato eleitoral que nos é mais próximo e, parecendo que não, aquele que mais influenciará o nosso quotidiano durante os próximos quatro anos.

É frequente dizer-se, com alguma razão, que são as eleições em que se votam em pessoas e não em partidos, onde um candidato bem escolhido pode fazer uma enorme diferença.

A pandemia do SARS-CoV-2 fez-nos refletir e pensar não só sobre a necessidade do constante reforço e fortalecimento do nosso Estado Previdência, mas também da necessidade de empatia, civismo e espírito de comunidade – mantendo-nos seguros, mantemos os nossos e, também, os outros. A este comunitarismo cívico, cuja maior expressão foi a criação de redes de voluntariado para suprimir as dificuldades de auxílio aos mais vulneráveis, é imprescindível que se conjugue não apenas o direito, mas também o dever do voto.

A democracia, tão recente e sempre precária, não se construiu, nem se constrói, individualmente, mas o acto mais elementar que a mantém, o voto, esse sim só pode ser individual. E é imprescindível.

Poderá haver luz ao fundo do túnel, mas não deixaremos de enfrentar tempos difíceis. Essa luta pode ser mais fácil se for travada em conjunto.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

As festas das aldeias e suas tradições

Com a chegada do verão começa a altura dos arraiais, das festas das aldeias, onde reina o tradicional bailarico e de seguida o dj a fazer o resto da magia.

Novo recorde de maior onda surfada na Praia do Norte

Há um novo recorde mundial de maior onda já surfada na Praia do Norte, na Nazaré, que foi alcançado pelo alemão Sebastian Steudtner, que em 29 de outubro de 2020 atingiu os 26,21 metros, segundo foi anunciado nesta terça-feira pela World Surf League (WSL), organizadora dos Red Bull Big Wave Awards.

onda