Q

Previsão do tempo

17° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 20° C
17° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 20° C
18° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 21° C

Praia da Nazaré voltou a estar aberta à prática de surf

Francisco Gomes
27 de Fevereiro, 2021
Um despacho do presidente da Câmara Municipal da Nazaré, Walter Chicharro, que entrou em vigor na passada sexta-feira, estabelece que haja uma exceção na interdição de permanência na praia da vila da Nazaré a todos os praticantes individuais de surf e similares, como bodyboard, stand up paddle, skimboarding, entre outros.

O despacho determina que estando esta prática permitida nas regras que sustentam a atividade física e desportiva ao ar livre como deslocação autorizada e exceção ao dever geral de recolhimento domiciliário por causa da pandemia da Covid-19, “a interdição seja levantada excecionalmente aos praticantes de surf e similares, desde que efetuada a título individual”.

A legislação não proíbe expressamente a prática do surf, desde que efetuada individualmente, incluindo a deslocação e todos os momentos antes e após a prática. Contudo, só pode ocorrer em praias cujo acesso ou permanência não se encontrem interditados pelas autarquias, ou como agora decidido pela Câmara da Nazaré, criando uma exceção.

Sendo o surf um desporto individual, os praticantes muitas vezes juntam-se no areal, o que não é permitido no atual contexto da pandemia.

Este despacho do edil da Nazaré teve a concordância da capitania e após ponderação com o Serviço Municipal de Proteção Civil, e vem na sequência de vários pedidos para permitir acesso aos atletas individuais locais.

Os surfistas habitualmente têm o seu spot a norte e entrarão na praia na zona mesmo em frente à capitania.

Ao longo da manhã deste domingo, o JORNAL DAS CALDAS assistiu à presença de seis praticantes de surf e similares. André Florência sublinhou que “o mar da praia da Nazaré é mais calmo e utilizado por iniciantes, e ninguém está muito perto uns dos outros, porque senão estão a levar com as pranchas em cima”. Para Diogo Pedro, “os surfistas conseguem surfar sem pôr em causa ninguém. Toda a gente tem espaço e não há risco”.

A atividade das escolas de surf permanece proibida durante a vigência do atual estado de emergência, uma vez que está suspensa a prestação de serviços em estabelecimentos abertos ao público ou em modo itinerante.

Desde 20 de janeiro que na vila da Nazaré a marginal, paredão e praia estão vedados, para impedir a aglomeração de pessoas. O paredão (via poente) encontra-se interdito a peões, em toda a extensão da Avenida da República e Avenida Manuel Remígio, desde o molhe norte até à Capela de Santo António. O acesso ao Forte de São Miguel Arcanjo, no Sítio da Nazaré, também está proibido à circulação de viaturas e peões.

A par desta situação há outros espaços interditos, como a utilização de bancos de jardim, parques infantis e equipamentos públicos para a prática desportiva (fitness).

Segundo o comandante da capitania do porto da Nazaré, Zeferino Henriques, na Praia do Norte, conhecida pelas ondas gigantes, mantém-se o despacho da capitania emitido a 4 de janeiro, na sequência de determinação do delegado de saúde do Agrupamento de Centros de Saúde Oeste Norte, que permite a prática de ‘free surf’ e ‘tow-in surfing’ (em que um surfista é rebocado para a onda por uma mota de água).

Essa permissão sem restrições, a não ser as impostas pela Direção-Geral da Saúde, teve como antecedente o elevado número de espetadores que afluíram à Praia do Norte no dia 29 de outubro, quando se preparava o Nazaré Tow Surfing Challenge, evento que junta os melhores surfistas de ondas gigantes do mundo e cujo período de espera se estende de 2 de novembro a 31 de março.

Na altura tinha ficado interdita a prática de surf na Praia do Norte, levantada parcialmente quando a 14 de de dezembro se permitiu apenas nos dias úteis, no período compreendido entre o nascer do sol e as 13 horas.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Caldas eliminou Espinho e segue em frente na Taça de Portugal

Foi com um golo de cabeça de João Rodrigues (“Tarzan”), ao segundo minuto da primeira parte do prolongamento, que o Caldas Sport Clube (Liga 3) eliminou o Sporting Clube de Espinho (Campeonato de Portugal) na terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol, no passado sábado, no Estádio Marques da Silva, em Ovar.

caldas 1

Atribuição de 75 bolsas de estudo nas Caldas

Decorre até 12 de novembro o prazo para apresentação das candidaturas para atribuição de 75 bolsas de estudo, no valor unitário de 800 euros, relativas ao ano letivo 2021/2022, destinadas a alunos oriundos de agregados familiares carenciados que pretendam prosseguir estudos em estabelecimentos de ensino superior sediados fora do concelho das Caldas da Rainha.

pexels stanley morales 3186386

Clube de Leitura presencial

A Biblioteca Municipal das Caldas da Rainha acolhe a realização do Clube de Leitura em formato presencial, organizado pelas leitoras Marta Ambrósio e Elisa Santos, no dia 30 de outubro, pelas 15h00.