Q

Previsão do tempo

20° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 22° C
20° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 23° C
20° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 24° C
  • Wednesday 24° C

PSP deteta 22 irregularidades em fiscalização junto à rotunda do Cencal

Marlene Sousa
2 de Fevereiro, 2021
A PSP das Caldas está em força nas estradas para fiscalizar, devido ao confinamento imposto pela pandemia da Covid-19. A regra é para ficar em casa: reduzir as saídas e manter-se na área de residência para tentar conter o agravamento da situação pandémica que continua a atingir mais de 250 mortos por dia.
Fiscalização da PSP realizada na passada terça-feira

Na passada terça-feira, entre as 14h30 e as 17h00, os agentes da PSP das Caldas levaram a cabo uma ação de fiscalização na rotunda do Cencal, nas Caldas da Rainha.

Foram fiscalizados 278 veículos e 304 pessoas. Foram detetadas 3 infrações à legislação do estado de emergência (circulação entre concelhos sem justificação) e 19 infrações verificadas no âmbito da legislação rodoviária.

Apesar de esta ser uma ação relacionada com a Covid-19, a PSP levou a cabo uma operação de fiscalização rodoviária. Os 14 agentes presentes pediram a alguns dos automobilistas que circulavam na altura para encostarem as viaturas. Além da justificação da saída de casa a polícia pediu a identificação do condutor, documentos da viatura, carta de condução, colete refletor e triângulo. Logo a seguir veio a questão de qual a razão da deslocação.

A maioria dos condutores apresentava motivos válidos e justificação para circular em pleno confinamento.

Maria Arlete Santos foi uma das condutoras mandadas parar pela polícia. Pediram-lhe a identificação, os documentos da viatura, localização do colete refletor e triângulo e ainda interrogaram-na sobre o motivo que o levava a sair à rua. Justificou que foi levar o marido à fábrica porque o veículo dele avariou e que estava de regresso a casa, na cidade das Caldas.

Ao JORNAL DAS CALDAS disse que concorda com a ação de fiscalização para que “o confinamento seja cumprido”.

Duarte Rico não estava à espera de ser parado, mas afirmou que “fazem bem, até para perceber algumas irregularidades que possam estar a existir”.

O condutor é de Lisboa e mostrou a justificação de trabalho que motivou a sua vinda a Caldas da Rainha.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Deputados interrogam ministra sobre carências nas extensões de saúde

Os deputados do PSD na Assembleia da República Hugo Oliveira, Margarida Balseiro Lopes, Pedro Roque, Olga Silvestre e João Marques denunciaram “graves carências de funcionamento” das extensões de saúde de Santa Catarina, Rostos e A-dos-Francos, no concelho das Caldas da Rainha, tendo questionado a ministra da tutela sobre diversas situações.

deputados

Condução perigosa na A8 entre Tornada e Caldas

A zona da A8 entre Tornada e Caldas da Rainha está referenciada pelo Destacamento de Trânsito (DT) de Leiria da GNR como palco de condução perigosa, tendo levado à detenção de alguns condutores ao longo do último mês.

corridas