Q

Previsão do tempo

18° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 27° C
  • Tuesday 25° C
18° C
  • Sunday 24° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 25° C
18° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 30° C
  • Tuesday 27° C

PSP deteta 22 irregularidades em fiscalização junto à rotunda do Cencal

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A PSP das Caldas está em força nas estradas para fiscalizar, devido ao confinamento imposto pela pandemia da Covid-19. A regra é para ficar em casa: reduzir as saídas e manter-se na área de residência para tentar conter o agravamento da situação pandémica que continua a atingir mais de 250 mortos por dia.
Fiscalização da PSP realizada na passada terça-feira

Na passada terça-feira, entre as 14h30 e as 17h00, os agentes da PSP das Caldas levaram a cabo uma ação de fiscalização na rotunda do Cencal, nas Caldas da Rainha.

Foram fiscalizados 278 veículos e 304 pessoas. Foram detetadas 3 infrações à legislação do estado de emergência (circulação entre concelhos sem justificação) e 19 infrações verificadas no âmbito da legislação rodoviária.

Apesar de esta ser uma ação relacionada com a Covid-19, a PSP levou a cabo uma operação de fiscalização rodoviária. Os 14 agentes presentes pediram a alguns dos automobilistas que circulavam na altura para encostarem as viaturas. Além da justificação da saída de casa a polícia pediu a identificação do condutor, documentos da viatura, carta de condução, colete refletor e triângulo. Logo a seguir veio a questão de qual a razão da deslocação.

A maioria dos condutores apresentava motivos válidos e justificação para circular em pleno confinamento.

Maria Arlete Santos foi uma das condutoras mandadas parar pela polícia. Pediram-lhe a identificação, os documentos da viatura, localização do colete refletor e triângulo e ainda interrogaram-na sobre o motivo que o levava a sair à rua. Justificou que foi levar o marido à fábrica porque o veículo dele avariou e que estava de regresso a casa, na cidade das Caldas.

Ao JORNAL DAS CALDAS disse que concorda com a ação de fiscalização para que “o confinamento seja cumprido”.

Duarte Rico não estava à espera de ser parado, mas afirmou que “fazem bem, até para perceber algumas irregularidades que possam estar a existir”.

O condutor é de Lisboa e mostrou a justificação de trabalho que motivou a sua vinda a Caldas da Rainha.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

O carnaval na obra de Rafael Bordalo Pinheiro

O Centro de Artes e Criatividade (CAC) de Torres Vedras inaugurou no dia 29 de setembro a nova exposição temporária “A “Mascarada Política” – O Carnaval na obra de Rafael Bordalo Pinheiro (1870-1905), que estará patente até 5 de fevereiro de 2023. 

bordalo

Jorge Castro lança livro na Biblioteca

Organizado pela Comunidade de Leitores e Cinéfilos das Caldas da Rainha, realiza-se no dia 15 de outubro, pelas 14h30, na Biblioteca Municipal das Caldas da Rainha, o lançamento, na região Oeste, do 18.º livro de Jorge Castro, "Isto, agora são outros 70...", um retrato de Portugal com cerca de 200 fotografias comentadas, do período de 1970 a 1974.

jorge