Q

Previsão do tempo

4° C
  • Thursday 10° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 12° C
5° C
  • Thursday 11° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 12° C
6° C
  • Thursday 11° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 12° C

Morre esfaqueado após discussão

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, deteve na madrugada da passada segunda-feira um homem suspeito da prática do crime de homicídio qualificado, ocorrido na véspera nas Caldas da Rainha.
Havia marcas de sangue à entrada da casa onde se verificou a agressão mortal

Uma discussão, após uma tarde de churrascada com álcool à mistura, acabou ao princípio da noite de domingo no esfaqueamento de um homem de 39 anos, no Bairro dos Arneiros. A vítima, que sofreu três golpes, um no braço e dois no peito, morreu no hospital, tendo o suposto agressor sido detido.

A vizinhança conta que ouviu gritos e barulho de objetos partidos proveniente do rés-do-chão do 2B da Rua Jacob Castro Sarmento, depois de um mini-convívio que juntou três homens, dois dos quais residentes naquela casa. Pelas 21h20 chegava aos bombeiros o alerta para socorrerem uma vítima ensanguentada.

Devair Ambrósio Ventura, de nacionalidade brasileira, madeireiro de profissão, estava caído na Rua Francisco Manuel Oliveira Santos, a algumas dezenas de metros da sua habitação, e depois de lhe terem sido prestados os primeiros socorros foi transportado para o hospital, onde não recuperou dos ferimentos.

A PSP e a Polícia Judiciária estiveram no local e, desenvolvidas diligências investigatórias de imediato, foram recolhidos elementos probatórios relevantes que conduziram à detenção do suspeito, um homem de 49 anos, de nacionalidade portuguesa e também madeireiro, que, segundo testemunhas oculares, teria fugido com uma faca grande na mão e uma mochila. Foi descoberto nas imediações e apresentava ferimentos ligeiros na testa, tendo sido levado algemado para o hospital. A arma do crime não terá sido encontrada.

A PJ levou para interrogatório outro indivíduo, de 65 anos, que residia no anexo arrendado pela vítima mortal.

A população está chocada com crime, que quebrou a pacatez daquela zona residencial, adiantando que nada indiciava tal desfecho. “Foi a primeira vez que aqui aconteceu um caso destes. O homem que morreu era uma pessoa pacata e estamos todos abalados”, contou uma moradora.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Inês Belbute com medalha de bronze na marcha

Inês Belbute, atleta da Escola de Atletismo do Arneirense, das Caldas da Rainha, alcançou o 3° lugar no Campeonato Nacional de Marcha em Estrada, realizado em Porto de Mós, com a marca de 29 minutos e 42 segundos.

atleta

Gaeirense com vitória caseira no futsal

O Gaeirense arrancou com uma goleada a fase de manutenção/descida do Campeonato Nacional da III Divisão de Futsal, série 6. Vitória caseira por 5-1, diante da Casa do Benfica da Golegã.

Nova loja de produtos para animais de estimação

A Goldpet - Produtos para animais de estimação, Lda abriu uma loja nas Caldas da Rainha, estando o evento formal de inauguração marcado para sábado, a partir das 10h00.

goldpet2