Q

Previsão do tempo

27° C
  • Tuesday 24° C
  • Wednesday 23° C
  • Thursday 25° C
27° C
  • Tuesday 25° C
  • Wednesday 24° C
  • Thursday 25° C
26° C
  • Tuesday 27° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 27° C
Entrada livre

Janeiro, mês da recessão

Rúben Alves

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Janeiro sempre foi um mês complicado e peculiar, realçando a recessão económica, que afeta os setores de atividade e economia em geral nestes inícios de ano e a noite não é exceção, em tempos pandémicos continua estagnada e sem fim à vista.
Rúben Alves

Ano novo, mas vida nova para a “noite” nada disso. Continua tudo sem data prevista, neste mês que vive preparando os meses seguintes, com excelentes produções e programações nos anos anteriores.

No meu ver, esta estagnação e paragem na noite vai perdurar e durar ainda uns meses, todavia, acho que a noite e diversão noturna têm de voltar para ajudar a combater o “desemprego nacional”, contribuir para o crescimento da economia, fuga ao stress, entre outros contributos que a noite nacional oferece.

É preciso agir, Portugal precisa da noite e a noite de Portugal. Juntos ajudam a combater a recessão que se está a instalar pelo país todo, dia após dia.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Contratação de pessoas com deficiência e incapacidade

Apoios à Contratação de Pessoas com Deficiência e Incapacidade” foi o tema da sessão de Informação promovida pela Cercipeniche, no passado dia 28, no âmbito da aprovação de um projeto candidatado ao Instituto Nacional para a Reabilitação.

sessao

Arte musical do Ocidente – O classicismo

O século XVIII foi extremamente inovador em termos musicais. Em meados dessa centúria, Franz Joseph Haydn (1732-1809) ao utilizar figuras mais moderadas de expressão; Carl Philipp Emanuel Bach (1714-1788) ao purificar a harmonia no estilo de composição; Christoph Willibald von Gluck (1714-1787) ao imputar a primazia da música instrumental sobre os improvisos vocais da ópera napolitana; Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) ao redefinir a sinfonia e modificar a música de câmara; Ludwig van Beethoven (1770-1827) ao ampliar a linguagem e o conteúdo musical (impulsionando o início da autonomia da forma, dando mais expressão às emoções e mais realce à consonância harmónica), entre outros, ditaram a transmutação do barroco para o classicismo.